Liga da Justiça | Jason Momoa apoia Ray Fisher em denúncias feitas contra Joss Whedon

"Isso precisa ser investigado e as pessoas precisam ser responsabilizadas", disse o ator

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Liga da Justiça | Jason Momoa apoia Ray Fisher em denúncias feitas contra Joss Whedon

Jason Momoa demonstrou apoio a Ray Fisher nas acusações contra Joss Whedon, Geoff Johns (ex-presidente da DC Entertainment) e Jon Berg (co-presidente das produções da Warner Bros. na época) sobre comportamentos abusivos no set de Liga da Justiça.

O ator, que vive o Aquaman no DCEU, fez uma publicação em seu Instagram pessoal e pediu que o que Fisher está dizendo seja levado a sério.

Momoa revelou também que a Warner chegou a fazer um anúncio falso sobre o ator estrelar Frosty: O Boneco de Neve em um filme live-action. A produção seria de Geoff Johns, mas segundo ele, o anúncio foi feito apenas para tirar o foco das denúncias feitas por Ray Fisher.

O ator publicou uma foto ao lado de Fisher e, em caixa alta, falou: “Essa m***a precisa acabar e ser investigada! Ray Fisher e todos os outros que passaram pela experiência do que aconteceu sob os cuidados da Warner merecem uma investigação de verdade”.

“Acho uma m***a que pessoas tenham feito um anúncio falso de Frosty, sem minha permissão, para distrair [o público] do que Ray Fisher estava dizendo sobre o jeito de m***a que fomos tratados durante as refilmagens de Liga da Justiça. Coisas sérias aconteceram. Isso precisa ser investigado e as pessoas precisam ser responsabilizadas. Eu estou com Ray Fisher”, completou.

Ray Fisher respondeu à publicação do colega de elenco em seu Twitter pessoal e também comentou do anúncio falso feito pela Warner sobre Frosty.

Se você ainda acha que Jason [Momoa] interpretando Frosty foi real em algum momento, por favor, acorde! Espero que agora as pessoas vejam o quão longe estão dispostos a ir para esconder a verdade! E pensar que acreditavam que meu irmão venderia o elenco e a equipe de Liga da Justiça por um cachimbo e um nariz de botão… Responsabilidade > Entretenimento.

Ray Fisher, o Ciborgue no filme da Liga da Justiça, acusa o diretor Joss Whedon de comportamento “nojento, abusivo, não profissional e completamente inaceitável” durante as gravações do longa da DC – saiba mais aqui. No fim de agosto, a Warner começou a investigar o caso (relembre).

Whedon assumiu o projeto após a saída de Zack Snyder por questões pessoais. O longa arrecadou US$ 657,9 milhões mundialmente e muitos fãs se uniram pedindo para que a versão de Snyder fosse lançada.

Após anos de campanha, o Snyder Cut será lançado diretamente na plataforma HBO Max em algum momento de 2021 .