Morre Remilia, primeira mulher a disputar uma liga profissional de League of Legends

Maria “Remilia” Creveling tinha apenas 24 anos

Marina Val Publicado por Marina Val
Morre Remilia, primeira mulher a disputar uma liga profissional de League of Legends

Maria “Remilia” Creveling, jogadora de League of Legends que ganhou notoriedade em 2015 ao se tornar a primeira mulher a disputar o LCS, liga profissional dos Estados Unidos, morreu na última sexta-feira (27) aos 24 anos.

A informação da morte da jogadora foi divulgada por um amigo e a causa não foi divulgada.

“É com grande pesar que eu informo que minha melhor amiga, Maria Creveling, morreu em paz enquanto dormia ontem. A ausência dela deixa um buraco que jamais será preenchido.”

“Ela não iria querer nenhuma longa declaração ou tributos grandiosos. Apesar de ter fãs ao redor do mundo, ela nunca foi uma pessoa que desejou os holofotes. Meu único pedido para qualquer um que queira prestar tributo é que entre em contato para garantir que seja feito de uma maneira que respeite os desejos dela.”

Remilia começou sua carreira profissional em 2013, jogando de suporte para o Curse Academy. Em 2015, ela entrou para o Misfits, que pouco tempo depois foi renomeado como Renegades, e conseguiu se classificar para a LCS. Em 2016, ela anunciou uma pausa na carreira por problemas de saúde.

Nos últimos anos, a jogadora havia conquistado um grande público como streamer de League of Legends.