Juiz determina que tuítes de Elon Musk violaram leis federais

Leis trabalhistas envolvendo sindicatos

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Juiz determina que tuítes de Elon Musk violaram leis federais

Um juiz determinou que a Tesla e seu CEO, Elon Musk, violaram leis federais ao longo dos últimos anos, pressionando seus empregados direta e indiretamente a não entrarem em sindicatos.

Uma das provas utilizadas foi um tuíte de 2018 da conta pessoal de Elon Musk:

P: E sobre os sindicatos?
Musk: Nada impede o time da Tesla em nossa fábrica de carros de se unir ao sindicato. Poderiam fazer isso amanhã, se quisessem. Mas por que pagar taxas sindicais e desistir de ação das empresas por nada? Nosso recorde de segurança é duas vezes melhor do que quando a fábrica era do UAW e todo mundo tem plano de saúde.

O juiz também descreveu várias “práticas injustas”, como restrição de panfletos a favor de sindicatos, atormentar trabalhadores por suas atividades sindicais e dizer que os esforços do sindicato eram “fúteis”. O juiz determinou uma série de medidas para remediar a situação e pediu a recontratação de um funcionário. As informações são do Gizmodo.

Essa não é a primeira vez que um tuíte de Musk acaba interferindo nos negócios da Tesla.