Jon Favreau tentou evitar morte de Tony Stark em Vingadores: Ultimato

Irmãos Russo relembraram conselho do intérprete de Happy Hogan

Pedro Siqueira Publicado por Pedro Siqueira
Jon Favreau tentou evitar morte de Tony Stark em Vingadores: Ultimato

No que é facilmente uma das maiores relações de lealdade no universo Marvel Studios, o cineasta e intérprete de Happy Hogan, Jon Favreau, tentou evitar que os irmãos Anthony e Joe Russo matassem o Tony Stark de Robert Downey Jr. em Vingadores: Ultimato (2019). O conselho foi lembrado pelos diretores em entrevista à Vanity Fair (via Collider).

Joe Russo explica:

“Ele perguntava se íamos mesmo matar o Stark. Lembro de falar no telefone com o Favreau e tentar acalmar ele. Ele dizia: ‘Vocês não podem fazer isso. Vai deixar todo mundo devastado. Vocês não querem que eles saiam do cinema e se atirem no meio do trânsito.’ Mesmo assim a gente foi lá e fez.”

Como Happy Hogan, Favreau era o melhor amigo do Homem de Ferro. O cineasta também comandou os dois primeiros filmes do herói, em 2008 e 2010. Stark se sacrificou para derrotar o Thanos durante a batalha final de Ultimato, na cena que até hoje ainda dói de lembrar.

Vingadores: Ultimato é a segunda maior bilheteria da história do cinema, com impressionantes US$ 2,7 bilhões arrecadados. O longa está no catálogo brasileiro do Disney+.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1