John Woo não quer fazer filmes de super-heróis: “não fico empolgado”

Em entrevista ao NerdBunker, o diretor de O Silêncio da Vingança disse não ter interesse no gênero

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
John Woo não quer fazer filmes de super-heróis: “não fico empolgado” O Silêncio da Vingança/Paris Filmes/Reprodução

Um pai parte em busca de vingança após assistir à família ser assassinada em uma guerra de gangues. Poderia ser a origem do Justiceiro, da Marvel, mas é a sinopse de O Silêncio da Vingança, filme que marca o retorno do diretor John Woo (Missão: Impossível 2) a Hollywood. Apesar das semelhanças, o cineasta diz que não tem interesse em comandar filmes de super-heróis.

Em entrevista ao NerdBunker, Woo explicou as principais razões para não ter vontade para comandar longas focados em super-heróis:

“Não fico empolgado com filmes de super-heróis. Gosto de fazer minhas coisas e criar meus próprios personagens. Em meus filmes, me preocupo muito com a sociedade, e realmente gosto das histórias humanas. Mesmo que a ação seja o foco, preciso de um grande drama e do toque humano.”

John Woo fala sobre O Silêncio da Vingança (NerdBunker/Divulgação)
John Woo fala sobre O Silêncio da Vingança (NerdBunker/Divulgação)

Para além da trama de vingança, muito comum nos filmes de ação, O Silêncio da Vingança se destaca pela inusitada proposta de não ter diálogos. O diretor John Woo e o ator Joel Kinnaman (O Esquadrão Suicida) comentaram sobre os desafios de uma produção desse tipo em entrevista exclusiva ao NerdBunker. Você pode conferir o papo clicando aqui.

Com Joel Kinnaman, Kid Cudi (X – A Marca da Morte) e Catalina Sandino Moreno (O Ano Mais Violento) no elenco, O Silêncio da Vingança estreia em 7 de dezembro.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1