Jovem Nerd

NerdBunker

Jodie Whittaker: “Para o resto da minha vida serei lembrada por esse papel” [Entrevista]

Atriz conta que ajudou na criação dos seus figurinos na série

Não é todo dia que se tem a oportunidade de conversar com uma Senhora do Tempo, mas não só por isso o papo por telefone com Jodie Whittaker foi tão marcante: dentro de alguma semanas, ela será a primeira mulher a viver a persona do Doutor em Doctor Who — um papel icônico, com mais de 50 anos de história.

Apesar do marco para a série, ela não se sente pressionada por isso nem pelas críticas em relação a troca de gênero do protagonista: “A série tem um histórico tão grande de mudança e progresso que se você é um fã precisa entender que essa não é uma escolha que vai contra a série que você ama”, conta.

A nova Doutora nunca foi fissurada pelo seriado, também não cresceu assistindo Doctor Who, diferente da maioria dos Doutores recentes, como Matt Smith (11º Doutor) e Peter Capaldi (12º Doutor). Mas isso não foi impedimento para que a atriz ganhasse o papel, pelo contrário:

Nunca fui uma Whovian e Chris [Chibnall] me disse que isso era perfeito, pois ele queria uma perspectiva totalmente nova para o Doutor. Por conta disso, não vou assistir aos episódios antigos até que eu saia da série. Quero ser honesta comigo mesma e com meus instintos. Não quero sentir que estou roubando as escolhas e ideias de outras pessoas que fizeram esse personagem no passado.

Chris Chibnall, o novo showrunner da série, já tinha trabalhado com Whittaker no drama policial Broadchurch, e a convidou para participar dos testes para viver a personagem. Durante três meses de audições, ele enfatizou a ideia da atriz tentar trazer sua própria energia para o papel — o que acabou se tornando um dos traços primordiais dessa nova versão. “A maioria das peculiaridades vem do Chris, por ser um Whovian desde que nasceu. Mas a ideia é pegar do escritor e transformar em algo seu […] Na vida real eu sou uma pessoa muito hiperativa e risonha e, definitivamente, não começo a chorar toda hora”, conta.

O figurino da Doutora de Jodie Whittaker

A figura do Doutor sempre é conhecida pela forma como cada uma das treze versões se vestem. As roupas do Senhor do Tempo são como um espelho para uma determina personalidade — seja o sobretudo marrom de David Tennant ou o icônico cachecol colorido de Tom Baker.

Com Jodie Whittaker não será diferente e ela chegou a colaborar com o figurinista Rey Holman na criação das roupas. “Tive mais impacto nesse figurino do que em qualquer outro que já vesti”, diz a atriz. O pontapé inicial foi pensar que aquelas peças não deveriam ser feitas para uma mulher. Deveriam ser roupas feitas para um Senhor do Tempo. “Queria que fizesse sentido para o Doutor usar. Não é uma roupa de menina nem de menino. É completamente livre dessas amarras”, conta.

A roupa não podia estar atrelada a nenhum período temporal e a ideia era que cada parte do figurino fizesse alusão a uma década diferente, revela Whittaker: “Queria que a roupa fosse moderna, mas que tivesse toques do passado. E, acima de tudo, queria que fosse confortável de se vestir.”

Cada peça do figurino tem a intenção de lembrar um período da História

Jodie Whittaker é a nova Senhora do Tempo, a 13ª Doutora e sabe da importância que esse título carrega (e ainda não é ruiva): “Esse é um papel que é pra vida toda. Não importa quantos anos se passarem, para o resto da minha vida serei lembrada e isso é uma coisa maravilhosa.”

A 11ª temporada estreia 7 de outubro. O Crackle vai exibir os novos episódios no Brasil.

Lista de atalhos

Acesso rápido

Controles do player