Jennifer Aniston quis equidade salarial em Friends

Os seis atores da série chegaram a receber US$ 1 milhão por episódio

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Jennifer Aniston quis equidade salarial em Friends

Jennifer Aniston falou sobre a desigualdade salarial entre seus colegas de Friends na época em que gravava a série. As informações são do Metro.

Segundo a atriz, havia um desequilíbrio entre os pagamentos do elenco da produção, mas diferente do que é um costume na indústria do entretenimento, as mulheres ganhavam mais que os homens.

Eu sei que tive uma vida fácil na minha experiência nesta indústria. Mas, mesmo em Friends, não era tanto uma questão de mulheres receberem o mesmo salário que os homens. Algumas mulheres ganhavam mais.

Para a atriz, não fazia sentido pessoas que fizessem o mesmo trabalho recebessem valor diferentes.

Era mais uma questão de ‘estamos fazendo o mesmo trabalho e deveríamos ser recompensados do mesmo modo’. Eu não me sentiria bem sabendo que alguém está recebendo um valor e eu estou recebendo mais.

O salário dos seis atores principais da série virou notícia quando, no início dos anos 2000, chegou a US$ 1 milhão por episódio.

Em 2019, Friends completa 25 anos. Para comemorar, foram exibidos episódios da série nos cinemas dos Estados Unidos. E, durante essa semana, você também pode conferir, aqui no Brasil.

O último episódio de Friends foi ao ar em 2004, mas os fãs nunca esqueceram o grupo de amigos de Nova Iorque — e a série continua uma das mais assistidas na Netflix dos Estados Unidos. As 10 temporadas de Friends estão disponíveis na Netflix por aqui também.