James Wan está muito bravo porque Aquaman não será indicado ao Oscar

Academia divulgou finalistas na categoria de melhores efeitos visuais (e o diretor não ficou nada feliz)

João Abbade Publicado por João Abbade
James Wan está muito bravo porque Aquaman não será indicado ao Oscar

Aquaman não será indicado ao Oscar de efeitos visuais e o diretor James Wan não está nada feliz com isso. No último dia 22 de dezembro, a Academia divulgou a lista de finalistas para a categoria e o longa da DC não foi selecionado entre os melhores, que incluem Vingadores: Guerra Infinita e Primeiro Homem.

Em resposta ao supervisor de efeitos visuais do filme, Wan diz que a ausência de Aquaman na categoria é “uma desgraça”. O diretor do novo filme da DC parabeniza os criadores de efeitos e diz que a equipe de Aquaman é composta por heróis que não foram reconhecidos pela Academia.

Confira quais são os dez finalistas para o Oscar de melhor efeito visual:

  • Homem-Formiga e a Vespa
  • Pantera Negra
  • Vingadores: Guerra Infinita
  • Christopher Robin
  • Primeiro Homem
  • Jurassic World: Reino Ameaçado
  • O Retorno de Mary Poppins
  • Jogador Nº1
  • Han Solo
  • Bem-Vindo a Marwen

O filme do Rei dos Sete Mares já superou as bilheterias de Esquadrão Suicida (US$ 746 mi), Liga da Justiça (US$ 657 mi), Homem de Aço (US$ 668 mi) e Mulher-Maravilha (US$ 821 mi).

O elenco de Aquaman conta com Jason Momoa (Aquaman), Amber Heard (Mera), Nicole Kidman (Rainha Atlanna), Patrick Wilson (Orm), Willem Dafoe (Nuidis Vulko) e Dolph Lundgren (Rei Nereus). James Wan, de Velozes e Furiosos e A Invocação do Mal dirige o filme. Já o roteiro foi desenvolvido pelo escritor de Caça aos Gangsters, Will Beall e baseado em uma história idealizada por Geoff Johns e o próprio James Wan.

Aquaman já está nos cinemas brasileiros. Confira nossa crítica do filme!

Os indicados da 91ª edição do Oscar 2019 serão anunciados em 22 de janeiro. A cerimônia oficial acontece em 24 de fevereiro de 2019. Ainda não sabemos quem será o apresentador da cerimônia, já que Kevin Hart decidiu deixar o posto.