Irmãos Russo rebatem Scorsese e dizem que “ninguém é dono do cinema”

"Nós definimos cinema como um filme que pode aproximar pessoas para que elas tenham uma experiência emocional compartilhada"

Marina Val Publicado por Marina Val
Irmãos Russo rebatem Scorsese e dizem que

Quando tudo parece calmo e a polêmica sobre os filmes da Marvel serem ou não cinema parece ter finalmente chegado ao fim, alguém decide falar mais sobre isso. Agora, foi a vez dos irmãos Russo, diretores de Vingadores: Ultimato, que rebateram a frase de Scorsese.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Joe Russo comentou:

“No fim das contas, nós definimos cinema como um filme que pode aproximar pessoas para que elas tenham uma experiência emocional compartilhada. Quando olhamos para a bilheteria de Vingadores: Ultimato, nós não vemos isso como algo que significa sucesso financeiro, nós vemos isso como sucesso emocional. É um filme que teve impacto sem precedentes no público ao redor do mundo na maneira que eles compartilharam aquela narrativa e a maneira que eles vivenciaram isso. E as emoções que eles sentiram assistindo.”

Anthony Russo complementou:

“Outra maneira de pensar sobre isso é que ninguém é dono do cinema. Nós não somos donos do cinema. Você não é dono do cinema. O Scorsese não é dono do cinema.”

A Marvel começou a sua campanha para o Oscar 2020 e indicou Vingadores: Ultimato para concorrer em 12 categorias diferentes, mas deixou de fora todos os seus atores, incluindo Downey Jr., aclamado pela crítica e pelos fãs ao viver o Homem de Ferro no filme.

Vingadores: Ultimato arrecadou US$ 2,79 bilhões mundialmente e se tornou o filme de maior bilheteria na história do cinema.