Indústria de realidade virtual deve gerar US$ 5 bilhões em 2016, diz pesquisa

Grupo SuperData espera ver 55 milhões de aparelhos vendidos ao longo do ano

Guilherme Jacobs Publicado por Guilherme Jacobs
Indústria de realidade virtual deve gerar US$ 5 bilhões em 2016, diz pesquisa

O grupo de análise de mercado SuperData publicou uma pesquisa apontando como deve ser o comportamento do mercado de realidade virtual em 2016. De acordo com o relatório, a indústria deve gerar US$ 5.1 bilhões em 2016.

O SuperData acredita que, entre hardware, acessórios e software, a Europa vai gerar US$ 1.9 bilhão em vendas, com a América do Norte seguindo atrás com US$ 1.5 bilhão, Ásia com US$ 1.1 bilhão e o resto do mundo com US$ 600 milhões.

Em 2015, o mercado gerou apenas US$ 660 milhões, o que era esperado considerando que os headsets só estavam disponíveis para desenvolvedores. A expectativa da pesquisa é que o mercado cresça para US$ 8.9 bilhões em 2017, e US$ 12.3 bilhões em 2018.

Em termos de quantidades vendidas, o grupo espera que coisas pequenas e baratas, como o Google Cardboard, liderem a indústria com 27 milhões de unidades vendidas. A expectativa é que, combinados, o Oculus Rift – que custa US$ 600 – e HTC Vive cheguem em 6.6 milhões, o Samsung Gear VR fique com 2.5 milhões, e o PlayStation VR, que segundo a pesquisa vai custar entre US$400 e US$ 600, com 1.9 milhão.

Caso as previsões estejam corretas, podemos esperar mais de 55 milhões de aparelhos de realidade virtual vendidos em 2016.

via GameSpot.