Hair Love | Criador previu sua vitória no Oscar oito anos atrás

A animação do escritor Matthew A. Cherry venceu a categoria de Melhor Curta Animado

Gabriela Cuerba Publicado por Gabriela Cuerba
Hair Love | Criador previu sua vitória no Oscar oito anos atrás

O Escritor e codiretor de Hair Love, Matthew A. Cherry, falou no twitter em 2012 que seria indicado ao Oscar com uma animação digna de ser premiada. E, olha só: na noite de ontem (9), o seu projeto conquistou o prêmio de Melhor Curta Animado no 92° Oscar.

Logo após sua vitória, os internautas encontraram um tweet de oito anos atrás no qual Cherry declarou que seria indicado ao Oscar e ainda reivindicaria o seu prêmio. E agora, ele não apenas foi indicado como saiu vencedor. Coincidência? Acho que não!

Matthew também retuitou ontem sua publicação de 2016, que mostra sua procura por ilustradores 3D para “uma ideia de curta-metragem digna de Oscar”. O codiretor disse que “acertou em cheio” quanto ao seu palpite. Confira abaixo os tweets:

Embora Cherry possa não ter previsto exatamente sua vitória, isso é a prova de que com muito trabalho e determinação é possível tornar realidade aquilo que mais deseja.

Com 6min47seg, o curta animado vencedor do Oscar é baseado no livro infantil de Matthew A. Cherry, que conta a história de um pai afro-americano que precisa aprender a cuidar do cabelo crespo da filha em um dia muito especial. Com uma mistura divertida e emocionante, a breve narrativa é impactante e mostra o empoderamento dos fios afros por meio da relação do pai com sua pequena filha.

Hair Love é escrito e dirigido por Matthew A. Cherry (produtor-executivo de Infiltrado na Klan), com direção de Erevett Downing Jr. (animador de Up Altas Aventuras) e Bruce W. Smith (animador de A Princesa e o Sapo).