Google rebate críticas de consumidores que dizem ter sido enganados pelo Stadia

Jogadores reclamaram que alguns jogos não rodam em 4k e 60 frames por segundo como o prometido

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Google rebate críticas de consumidores que dizem ter sido enganados pelo Stadia

Desde que o Stadia foi lançado nos Estados Unidos, a crítica especializada e os jogadores não estão lá muito… satisfeitos.

Há poucos dias, o site 9to5google deu início às acusações de que o Google mentiu sobre a performance do serviço de streaming, alegando que alguns jogos não estavam rodando em 4k e 60 frames por segundo como o prometido.

Agora, a empresa enviou uma declaração ao mesmo site para rebater as críticas.

O Stadia transmite jogos em 4K e 60 FPS — o que inclui todos os aspectos que anunciamos, como GPU, codificador e Chromecast Ultra, todos com saída em TVs de 4k, com a conexão à internet. Os desenvolvedores que trabalham nos jogos do Stadia estão se esforçando para oferecer a melhor experiência de streaming para todos os títulos do catálogo. Como você pode ver em todas as plataformas, isso precisa de várias técnicas diferentes para alcançar a melhor qualidade. Demos a eles a liberdade de usar a melhor qualidade de imagem e taxa de quadros do Stadia, então ficamos muito impressionados com o que eles foram capazes de fazer desde o primeiro dia.

Esperamos que esses desenvolvedores possam continuar melhorando seus jogos no Stadia. Nós ainda damos a possibilidade deles inovarem, oferecendo experiências ainda melhores, sem a necessidade de correções ou downloads de jogos.

Stadia foi lançado em 19 de novembro, nos EUA e na Europa, e as primeiras análises indicam um serviço ainda caro, incompleto e pouco atrativo. A plataforma não tem uma data de lançamento prevista para o Brasil.