Geoffrey Rush vai ganhar AU$ 2 milhões de indenização de processo por difamação

Ator de Piratas do Caribe foi acusado de assédio sexual

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Geoffrey Rush vai ganhar AU$ 2 milhões de indenização de processo por difamação

Geoffrey Rush, o Barbossa, de Piratas do Caribe, venceu uma ação judicial na Austrália e vai receber AU$ 2 milhões de indenização (R$ 5,5 milhões) do jornal Nationwide News. A informação é do New York Times.

Em 2017, o tabloide acusou Rush de ter assediado sexualmente uma atriz na produção australiana de Rei Lear, de Shakespeare. O ator tentou um acordo amigável com a publicação, que negou a oferta inicial. A Nationwide News ainda pode recorrer da decisão.

Apesar da acusação do jornal ter sido provada falsa, Rush tem outras acusações de assédio sexual para si. A atriz Yael Stone, de Orange is the New Black, trabalhou com o ator nos teatros australianos e, em entrevista ao NYT, acusou-o de ter dançado nu na frente dela, ter enviado mensagens inapropriadas e ter feito o uso de um espelho para vê-la tomando banho em seu camarim. Rush nega tudo.