Geoff Keighley responde críticas sobre tempo curto nos discursos do TGA 2023

"Embora ninguém tenha sido realmente cortado, levaremos em conta no futuro", afirmou o apresentador

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Geoff Keighley responde críticas sobre tempo curto nos discursos do TGA 2023 The Game Awards/Captura de tela

A cerimônia do The Game Awards 2023 aconteceu na última quinta-feira (8) e, apesar de ter vários anúncios de peso, parte do público criticou o tempo curto que foi dado para os discursos de agradecimento dos vencedores de cada prêmio.

Um dos momentos mais criticados foi quando Swen Vincke, diretor de Baldur’s Gate 3, tentou agradecer um desenvolvedor da Larian Studios que morreu durante o desenvolvimento do jogo — mas foi cortado pela música, que gradualmente ficou mais alta.

Veja o momento:

“Se eu vencesse como Jogo do Ano e tentasse dedicar o prêmio para um membro da minha equipe que morreu durante o desenvolvimento, mas visse uma mensagem para eu terminar logo o discurso, eu ficaria p*ta”, escreveu a produtora Javiera Cordero.

Agora, Geoff Keighley, criador e apresentador da premiação, respondeu às críticas em uma publicação no X (antigo Twitter).

Ele afirma ter concordado com o feedback de que o tempo foi curto demais — e que isso será ajustado nas próximas edições. Confira:

“Concordo que a música foi tocada rápida demais para os vencedores dos prêmios deste ano, e até pedi para a nossa equipe que aumentasse o tempo durante a noite. Embora ninguém tenha sido realmente cortado, levaremos isso em conta no futuro.”

Aproveite e conheça todas as redes sociais do NerdBunker, entre em nosso grupo do Telegram e mais – acesse e confira.

Fonte: X (antigo Twitter)

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1