FTC se manifesta sobre demissões na Activision Blizzard após compra pela Microsoft

Dona do Windows e Xbox respondeu que dispensas já estavam planejadas antes da fusão ser concluída

Saori Almeida Publicado por Saori Almeida
FTC se manifesta sobre demissões na Activision Blizzard após compra pela Microsoft Activision Blizzard/Divulgação

A Comissão Federal de Comércio dos EUA (FTC) se pronunciou sobre a recente onda de demissões dentro da divisão de jogos da Microsoft. De acordo com o órgão regulador, as dispensas em massa não condizem com promessas feitas pela dona do Windows e Xbox durante o processo de compra da Activision Blizzard.

Em janeiro deste ano, a Microsoft anunciou que demitirá mais de 1.900 funcionários da área de games da organização, incluindo dentro dos estúdios Bethesda e Activision Blizzard.

Em documento enviado ao 9º Tribunal de Apelações do Circuito dos EUA, a FTC argumentou que tal decisão é “inconsistente com a sugestão da Microsoft de que as duas empresas [falando sobre a Activision Blizzard] operarão de forma independente após a fusão”.

“Além disso, a suposta eliminação de milhares de empregos prejudica a capacidade da FTC de ordenar uma medida eficaz caso o processo administrativo pendente conclua que a aquisição da Activision pela Microsoft violou a Seção 7 da Lei Clayton.”

Em resposta às reclamações da FTC, a Microsoft afirmou que tanto ela quanto a Activision por si já planejavam eliminar um número significativo de empregos antes mesmo da fusão ser finalizada, seguindo a tendência atual da indústria de games. A empresa também disse que as alegações da agência reguladora dos EUA são “incompletas e enganosas“.

“Consistente com as tendências mais amplas da indústria de jogos, a Activision já estava planejando eliminar um número significativo de empregos enquanto ainda operava como uma empresa independente. O recente anúncio, portanto, não pode ser totalmente atribuído à compra.”

Em um segundo comunicado, a Microsoft acrescentou que “ao continuar sua oposição à aquisição, a FTC ignora a realidade de que o próprio acordo mudou substancialmente“.

Vale lembrar que a FTC ainda está ativamente apelando contra a aquisição da Activision Blizzard pela Microsoft. Ou seja, movimentações podem ocorrer a qualquer momento dos próximos meses.

Fique de olho por aqui para mais atualizações. Aproveite e conheça todas as redes sociais do NerdBunker, entre em nosso grupo do Telegram e mais – acesse e confira.

Fonte: VGC

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1