Forza Horizon 5 traz gameplay clássico da franquia em novos cenários exuberantes

Confira nossas primeiras impressões do jogo!

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Forza Horizon 5 traz gameplay clássico da franquia em novos cenários exuberantes

Voltando às pistas após alguns anos, Forza Horizon parece seguir do jeito que a gente gosta: misturando um pouquinho de simulador com corridas e manobras impossíveis, tudo envelopado em uma ambientação jovem e com gameplay satisfatório até para quem não é o melhor piloto.

Chamando o jogador de estrela e Lançado (tudo faz sentido depois que você vê como os carros chegam ao festival dessa vez), Forza Horizon 5 já começa frenético apresentando suas principais modalidades e tipos de carros que podemos usar para competir. Aqui, além de ver alguns dos principais veículos e formatos de corrida, também apreciamos os mais variados cenários do game, que nos leva em uma jornada através de locais inspirados no México.

Na prévia que participei, apenas o modo solo estava disponível, mas era só abrir qualquer corrida que outras opções como cooperativo também apareciam, como uma promessa para o jogo completo.

O comecinho da campanha te joga — literalmente — nas pistas, para que você possa aproveitar o que o jogo tem de melhor: o gameplay.

Apenas dirigir pelas estradas continua uma delícia, apreciando os cenários, curtindo a excelente seleção de músicas das rádios do game ou desafiando alguns dos outros pilotos do festival para um desafio Roda a Roda — uma corrida direta, na rua mesmo, até um ponto determinado. Tudo é simples e fácil de entender, e há muito o que explorar.

O mapa é grande e salpicado com atividades fora as corridas. Os jogadores podem atropelar placas especiais para ganhar EXP extra, ou passar o mais rápido possível nos radares para conquistar estrelas e, consequentemente, pontos. Apesar de estarem marcadas no mapa, encontrar as placas de EXP exige uma boa dose de atenção.

Ao conquistar pontos durante as corridas e outras atividades do mapa, os jogadores desbloqueiam novos capítulos da história, ampliando o imenso mapa aos poucos e descobrindo todos os climas, tipos de eventos e personagens no processo.

É possível personalizar seu avatar, escolhendo gênero, voz, rosto entre diversas opções. Outro detalhe interessante é escolher um nome ou um apelido como Primavera, Ninja e outros em uma lista extensa.

Mas um dos aspectos mais legais da personalização não é o visual, e sim o de experiência. É possível ligar e desligar uma série de funções que ajudam os motoristas iniciantes a não se sentirem tão frustrados durante as missões e corridas num geral. As alterações podem ser feitas antes do início de cada evento, através do menu inicial da corrida.

Similarmente, Forza Horizon 5 também apresenta opções para quem está em busca de um maior desafio, adicionando camadas de dificuldade como a troca de marcha manual ou apenas desligando marcações no chão que indicam o melhor caminho a trilhar para garantir o máximo de velocidade. Não são opções inéditas, mas são interessantes para personalizar o gameplay de acordo com os desejos do jogador.

Pessoalmente, um dos pontos altos da franquia Forza Horizon é a seleção de músicas que compõe a trilha sonora das diversas rádios do jogo, que abrangem pop, variados estilos de música eletrônica e até mesmo música clássica. Certamente vale a pena dar uma zapeada pelas rádios e curtir a travessia de um evento a outro.

Forza Horizon 5 aposta nos pontos fortes da franquia para prometer uma experiência acessível para os mais diversos públicos, com a riqueza visual do México como pano de fundo para corridas intensas e divertidas. Mas só teremos certeza disso quando o jogo for lançado oficialmente, em 9 de novembro de 2021 para Xbox One, Xbox Series X|S e PC.

A prévia foi feita em um Xbox Series S.

Mais notícias