Final Fantrasy XV | Diretor quer explorar história de Ardyn, mas não em DLC

A personagem Iris Amicitia também está nos planos da Square Enix

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Final Fantrasy XV | Diretor quer explorar história de Ardyn, mas não em DLC

Quando foi lançado, Final Fantasy XV não foi exatamente conhecido por explorar toda a história que podia do jogo, mas detalhes sobre as motivações e o passado do vilão Ardyn Izunia estão entre os que fizeram mais falta. Isso deve mudar no futuro, segundo o diretor Hajime Tabata.

Segundo o Eurogamer, uma enquete com os fãs do jogo selecionou Ardyn como um dos mais populares, sendo o mais votado para receber um novo conteúdo no título. No entanto, Tabata não acha que isso deve acontecer em um DLC.

Ainda não temos certeza de como faremos – é muita história, e contar a história de um personagem é sempre a parte mais difícil e detalhada de um jogo. Não sabemos ainda se faremos outro jogo, mas não em DLC. Seria em um jogo, um filme, quadrinhos ou algo assim. Mas queremos mesmo contar a sua história.

O interesse em fazer algo específico para Ardyn é algo que já tinha sido anunciado há vários meses. Aproveitar outra mídia também faz sentido, já que Final Fantasy XV já têm filme, anime e jogos spin-off.

Por fim, Tabata revelou que também pretende explorar mais a história de Iris Amicitia, mas isso deve acontecer no jogo mesmo, provavelmente na expansão multiplayer Camaradas.

Final Fantasy XV foi originalmente anunciado como Final Fantasy Versus XIII na E3 de 2006, exatamente 10 anos atrás. Ele foi reapresentado em 2013 e finalmente foi lançado no fim do ano passado. Ele usa combate em tempo real, fugindo do sistema por turnos que a franquia normalmente apresenta.

A Windows Edition de Final Fantasy XV chega no começo de 2018 com todas as DLCs inclusas. Até lá, o jogo está disponível para Xbox One e PlayStation 4. Confira nosso review aqui.