Filhos do Éden: Anjos da Morte ganha várias novidades!

Depois do gigantesco sucesso de A Batalha do Apocalipse, Eduardo Spohr entregou o primeiro de uma nova série sobre os anjos de seu universo fictício. Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida também foi um enorme sucesso, enquanto nos apresentou novos personagens irados, com histórias paralelas às de Ablon e Shamira. O autor acaba de revelar […]

Stephan Martins Publicado por Stephan Martins
Filhos do Éden: Anjos da Morte ganha várias novidades!

Depois do gigantesco sucesso de A Batalha do Apocalipse, Eduardo Spohr entregou o primeiro de uma nova série sobre os anjos de seu universo fictício. Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida também foi um enorme sucesso, enquanto nos apresentou novos personagens irados, com histórias paralelas às de Ablon e Shamira.

O autor acaba de revelar em seu blog uma prévia da capa (a imagem que ilustra a matéria, que ainda não é a capa final), uma previsão de lançamento, uma sinopse e diversas artes conceituais de Filhos do Éden: Anjos da Morte, criadas pelo Amigo Imaginário!

Sobre o lançamento e a premissa do novo livro:

Conforme anunciado anteriormente, “Anjos da Morte” ainda não tem data para ser lançado, mas provavelmente sairá no começo de 2013, depois do Carnaval(acreditem, nada no Brasil funciona antes disso). Prefiro não revelar detalhes da trama, mas o que posso dizer é que este volume contará a história de Denyel junto ao esquadrão dos anjos da morte, começando na Segunda Guerra Mundial, percorrendo o século XX e terminando na queda do Muro de Berlim.

A sinopse (sem spoilers):

Quando o século XX raiou, o tecido da realidadea barreira mística que separa os mundos físico e espiritual, adensou-se. Os novos meios de transporte, as ferrovias e os barcos a vapor levaram o progresso aos cantos mais distantes do globo, pervertendo os nódulos mágicos, apagando o poder dos velhos santuários,afastando os mortais da natureza divina.

Isolados no Sexto Céu, incapazes de enxergar a terra justamente pelo agravamento do tecido, a casta dos malakins, cuja função é estudar e catalogar os movimentos do cosmo, solicitou ao arcanjo Miguel a criação de uma brigada que descesse à terra para pesquisar os avanços da civilização. O príncipe ofereceu o serviço dos exilados, que há milênios atuavam na sociedade terrestre, alheios às batalhas que se desenrolavam no paraíso.

Destacados, então, para servir sob as ordens dos malakins, esses exilados foram reorganizados sob a forma de um esquadrão de combate. Sua tarefa, a partir de agora, seria participar das guerras humanas, disfarçados de meros recrutas, para anotar as façanhas militares, as decisões de campanha, e depois relatá-las aos seus superiores celestes.

Esse esquadrão tomou parte em todos os conflitos do século XX, das sangrentas praias da Normandia ao colapso da União Soviética. Embora muitos não desejassem matar, era exatamente isso o que lhes foi ordenado, e o que infelizmente acabaram fazendo.

Em paralelo às aventuras de Denyel, que se desenrolam cronologicamente de 1944 a 1989, acompanhamos também, no tempo presente, a jornada de Kaira e Urakin em busca do amigo perdido, que caíra nas águas douradas do rio Oceanus, durante a destruição da ilha-fortaleza de Athea (em “Herdeiros de Atlântida”).

Sobre o clima do novo romance:

“Anjos da Morte” é sobretudo uma história de corrupção, não apenas da corrupção do personagem principal, Denyel, mas do mundo que o cerca, e dos mortais que o habitam. O que acontece quando um soldado abandona os seus valores? O que ocorre quando um querubim contraria sua natureza de casta?

O universo desta obra segue a mesmíssima dinâmica dos meus dois romances anteriores, mas o clima agora é mais sombrio, como de fato deve ser todo o meio de trilogia. Sem dúvida, será um livro diferente de todos os outros, muito mais pesado e adulto, com um forte conteúdo histórico e um sabor de guerra e espionagem, ainda que no cenário angélico.

E um encerramento, com informações para feedback:

Continuarei a postar aqui no blog, no Facebook e no Twitter todas as novidades sobre “Anjos da Morte”, inclusive os desenhos do Andrés Ramos, o Amigo Imaginário do NerdCast, que está trabalhando nas artes conceituais.

Quem quiser, pode deixar também o email clicando aqui, que eu escrevo tão logo a obra estiver disponível.

Mais uma vez, obrigado a todos por me inspirarem, e por tornarem essa trajetória um pouco menos solitária. Estou me esforçando ao máximo para que o trabalho fique o melhor possível. Veremos 🙂

Você está preparado para os anjos modafocas?

Via Filosofia Nerd


Stephan Martins
Stephan Martins acha que um livro em uma época de tanta expertise de Eduardo Spohr vai ser simplesmente sensacional!

.