Estudo aponta que 74% dos jogadores adultos já foram assediados em jogos online

Seja um xingamento, uma discriminação ou um gesto ofensivo

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Estudo aponta que 74% dos jogadores adultos já foram assediados em jogos online

Um novo estudo conduzido pela Anti-Defamation League (ADL) apontou que 74% dos jogadores adultos já experienciaram algum tipo de assédio enquanto jogavam online, seja um xingamento, uma discriminação ou um gesto ofensivo.

A pesquisa contou com a participação de cerca de mil pessoas que jogam regularmente e, 65% delas, alegaram já sofreram um “assédio grave”, como ameaças de violência, de morte ou de perseguição.

Os participantes LGBT, afro-americanos e latinos relataram que, além de ofensas relacionadas ao jogo, também já sofreram discriminação por suas etnias ou orientação sexual.

As mulheres da pesquisa foram as que mais relataram assédio e, 40% delas, reportaram que a maioria das ofensas foram relacionadas a seu gênero.

Por fim, o estudo apontou que League of Legends, Dota 2, Counter Strike, Overwatch e PUBG são os jogos mais citados entre as toxicidades citadas e que muitos desistiram de jogá-los por conta disso.