Estúdio de Hellblade e DmC explica por que se juntou com a Microsoft

Ninja Theory estava procurando um espaço entre jogos indie e AAA

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia

Durante a E3 2018, a Microsoft revelou a compra de vários estúdios e entre eles, estava a Ninja Theory — estúdio responsável por grandes títulos como Hellblade: Senua’s Sacrifice e DmC: Devil May Cry.

E logo depois do evento, o estúdio publicou um vídeo revelando o motivo pelo qual eles quiseram se tornar um dos estúdios da Microsoft. Veja logo acima!

No vídeo, os desenvolvedores explicam que sempre enfrentaram dificuldades em encontrar um espaço no mercado de games, porque nunca havia um lugar específico entre jogos indie e AAA para o estúdio como o deles — que não tinha o orçamento baixo de um independente ou o lucro de títulos maiores.

A venda para a Microsoft deu para eles o que buscavam há anos: estabilidade. E mais, eles deram liberdade de criação, orçamentos mais generosos e novos equipamento para a Ninja Theory. Isso abriu um futuro estável e cheio de oportunidades para o estúdio.

Não é citado no vídeo, mas agora seus jogos serão exclusivos da Xbox One e PC — o que certamente será um pequeno preço a pagar em troca de tudo o que a Microsoft ofereceu.

A Ninja Theory ainda não anunciou seu primeiro projeto como um estúdio da Microsoft.