Estudantes desenvolvem projeto para usar o Kinect para ajudar os cegos!

Como o nosso querido Lucas Radaelli demonstrou, é possível viver até mesmo neste mundo nerd sendo cego. Mas nem todo mundo que possui uma deficiência visual se sente satisfeito usando uma bengala ou um cão-guia (ou mesmo, como o vídeo não fala, a pessoa não possui nem acesso a este tipo de suporte, como a […]

Stephan Martins Publicado por Stephan Martins
Estudantes desenvolvem projeto para usar o Kinect para ajudar os cegos!

Como o nosso querido Lucas Radaelli demonstrou, é possível viver até mesmo neste mundo nerd sendo cego. Mas nem todo mundo que possui uma deficiência visual se sente satisfeito usando uma bengala ou um cão-guia (ou mesmo, como o vídeo não fala, a pessoa não possui nem acesso a este tipo de suporte, como a escassez de cães-guia no Brasil).

Por isso, dois estudantes estão usando a câmera de detecção de movimento e profundidade do Kinect da Microsoft para que se torne os “olhos” dos deficientes visuais.

Por enquanto, o projeto está um verdadeiro frankenstein: o Kinect é preso num cinto, repleto de equipamentos vibratórios. A câmera do aparelho começa a vibrar de acordo com a distância dos objetos e obstáculos encontrados no caminho. Quanto mais próximo, mais forte é a vibração. E através do cinto, a vibração informa ao usuário de qual direção está vindo o obstáculo, para criar a noção da distância de cada coisa.

No momento, os dois estudantes da Pensilvânia estão contando com apenas um Kinect. Com o patrocínio certo, eles podem criar um sistema desse tipo em 360 graus, facilmente ainda mais preciso do que o Kinect é hoje em dia. São dois estudantes que utilizaram uma nova tecnologia para auxiliar os outros!

Quer saber mais? Clique aqui para ir no blog oficial do projeto!

Via The Escapist


Stephan Martins
Stephan Martins já está pensando nas possibilidades de espionagem…

.