Estudante que morreu ajudando colegas a fugirem de atentado ganha homenagem em Star Wars

Rilley Howell foi uma das seis vítimas do massacre no campus da Universidade da Carolina do Norte

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Estudante que morreu ajudando colegas a fugirem de atentado ganha homenagem em Star Wars

Rilley Howell, uma das seis vítimas do massacre no campus da Universidade da Carolina do Norte, em Charlotte, nos Estados Unidos, recebeu uma linda homenagem da Lucasfilm e ganhou o título de Mestre Jedi. As informações são do Movie Web.

O ataque à universidade aconteceu em 30 de abril deste ano e o jovem de 21 anos enfrentou o atirador que entrou em sua sala de aula e, por isso, não houve mais mortes.

Howell era um grande fã de Star Wars e este fato chegou até a produtora Lucasfilm, que homenageou o jovem com o título de Mestre Jedi e ganhou uma menção no livro Star Wars: The Rise of Skywalker – The Visual Dictionary. A publicação fala sobre o “Mestre Jedi e historiador Ri-Lee Howell” e explica que ele “coletou muitos dos primeiros relatos de explorações e codificações da Força”.

A família de Rilley Howell recebeu uma carta da Lucasfilm em maio deste ano na qual expressava condolências da empresa e revelava o fato do jovem ser citado no livro.

“A coragem e altruísmo de Riley traz à tona os Jedi em todos nós”, escreveu o membro do departamento de Relacionamento com o Fã na carta enviada à família.

Kevin Westmoreland, pai da namorada de Howell, disse que o jovem estudou muito sobre o universo de Star Wars. “Ele tinha um senso muito forte sobre o bem e o mal, e como viver a vida como alguém que cuidava dos outros. […] Vê-lo listado como Jedi e como historiador no folclore de Star Wars é a maneira perfeita de conectá-lo a essa história e aos personagens que ele tanto amava.”

Star Wars: A Ascensão Skywalker está em cartaz nos cinemas. Leia a nossa crítica!