Encontrar equilíbrio entre preço e performance foi “doloroso”, diz Valve sobre Steam Deck

O preço é "um dos fatores cruciais para o cenário mobile", explica chefe da empresa

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
Encontrar equilíbrio entre preço e performance foi

O anúncio do Steam Deck pegou todos de surpresa na última quinta-feira (15), deixando muitos jogadores com opiniões divididas em relação aos preços.

Em entrevista para o IGN, Gabe Newell, chefão da Valve, explicou que a escolha dos valores foi um desafio para a equipe porque encontrar um equilíbrio entre performance e preço é “um dos fatores cruciais para o cenário mobile”.

“Eu queria só pegar o Steam Deck e explicar como ele funciona… mas a escolha de preço estava logo em seguida e foi doloroso. Mas pensamos primeiro na performance e na experiência, que foram fundamentais para tudo isso”.

Shreya Liu, diretora do Steam Deck, ainda completou a fala de Newell: “A gente sabia que o preço era muito importante, então […] desde o começo, nós criamos o hardware com isso em mente. E trabalhamos muito, muito duro para alcançar os valores que apresentamos”.

O Steam Deck terá três modelos, que se diferenciam pelo armazenamento interno. O mais em conta oferece 64 GB pelo preço de US$ 399, enquanto o de 256 GB sai por US$ 529 e o de 512 GB por US$ 649.

Mais notícias