Duna | “Tudo é previsível”, diz Alejandro Jodorowsky sobre o trailer do filme

Diretor comandaria adaptação cancelada de 1970

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Duna |

Duna foi adaptado para o cinema pela primeira vez em 1984, dirigido por David Lynch, mas antes, em 1970, uma teve uma versão cancelada que seria comandada por Alejandro Jodorowsky.

Em entrevista concedida à revista Premiere (via Indiwire), o cineasta falou de suas primeiras impressões ao assistir ao trailer de Duna, dessa vez, dirigido por Denis Villeneuvesaiba mais aqui.

Jodorowsky revelou ter achado que a prévia do vindouro filme “bastante bem feita”, mas não está surpreso com o resultado.

Eu assisti ao trailer. Está muito bem feito. Mas, podemos ver que é o cinema industrial, que há muito dinheiro envolvido e que foi muito caro. Mas se fosse muito caro, devia entregar algo na mesma proporção. E esse é o problema: não há surpresas. A fórmula é idêntica à que é feita em todos os lugares. A iluminação, a atuação, tudo é previsível.

Para o diretor, o cinema que ele chamou de “industrial” é incompatível com o cinema de autor. “O cinema industrial promove o entretenimento, é um espetáculo que não pretende mudar a humanidade ou a sociedade”, completou.

O filme de Alejandro Jodorowsky não chegou a ser lançado por problemas financeiro, mas contaria com um elenco de peso, como Mick Jagger, Orson Welles e Salvador Dalí.

A nova adaptação cinematográfica de Duna tem estreia prevista para 17 de dezembro de 2020 no Brasil.