Dragon Ball Super: Broly | Filme teve 70 minutos de cenas deletadas

Nem chegaram a ser animadas

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Dragon Ball Super: Broly | Filme teve 70 minutos de cenas deletadas

Dragon Ball Super: Broly foi um sucesso estrondoso, tornando-se o terceiro anime mais rentável nos cinemas dos EUA, e o diretor revelou que cerca de 70 minutos do filme foram cortados.

Em entrevista para a revista Animage, o diretor Tatsuya Nagamine falou um pouco sobre a produção do filme e revelou que os storyboards tinham conteúdo para 70 minutos extras.

Segundo o usuário Deem939 do Twitter, que traduziu a entrevista, Nagamine trabalhou nos storyboards junto com outros dois artistas por dois meses e, quando acabaram, havia conteúdo para 170 minutos de filme — quase três horas.

Entre as cenas cortadas, havia uma luta entre Nappa e Raditz, além de momentos da infância de Vegeta e Raditz — acontecimentos anteriores à luta final.

Dragon Ball Super Broly se passa após o Torneio do Poder e o criador da série, Akira Toriyama, revelou que o longa deve ser focado na origem do poder dos Saiyajins. A história mostrará Broly, um Saiyajin desconhecido, que aparece diante de Goku e Vegeta, iniciando uma intensa batalha entre os três, que trilharam caminhos bastante diferentes até finalmente se encontrarem.

O roteiro foi escrito pelo próprio Akira Toriyama, enquanto o design de personagens fica nas mãos de Naohiro Shintani, que substitui Tadayoshi Yamamuro, responsável pelo anime de Dragon Ball Super e pelo jogo Super Dragon Ball Heroes.

Dragon Ball Super Broly arrecadou mais de US$ 102 milhões ao redor do mundo.