Disney+ chega aos Estados Unidos e usuários enfrentam problemas com a plataforma

O serviço começou a mostrar uma mensagem de erro com os personagens de Detona Ralph

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Disney+ chega aos Estados Unidos e usuários enfrentam problemas com a plataforma

O Disney+, o aguardado serviço de streaming da Disney, chegou nesta terça-feira (12) aos Estados Unidos. Para o desespero dos assinantes e do próprio serviço, parece que vários problemas foram encontrados logo nos primeiros momentos da plataforma.

O serviço ficou disponível logo nas primeiras horas da manhã e já cedo, diversos usuários reportaram dificuldades para iniciar o aplicativo, logar, arrumar os perfis, achar certos conteúdos e rodar alguns títulos.

Os assinantes reclamaram de, ao tentar assistir, por exemplo, ao live-action de A Dama e O Vagabundo, e encontravam a tela abaixo:

Tela de aviso de erro do Disney+ traz o Detona Ralph e a Vanellope

Segundo a Entertainment Weekly, apenas nas primeiras horas da plataforma, foram reportados 7.600 usurários enfrentando problemas para utilizar o Disney+.

Em uma nota oficial emitida pela empresa, a Disney explicou que a demanda excedeu as expectativas pela procura do streaming. “A demanda de consumidores pelo Disney + excedeu nossas expectativas. Enquanto estamos satisfeitos com essa resposta incrível, estamos também cientes dos problemas atuais dos usuários e estamos trabalhando para resolvê-los rapidamente. Apreciamos a sua paciência.”

Segundo informações da Vox, foram investidos cerca de US$ 3 bilhões para garantir que o streaming estrearia pronto para funcionar para milhões de pessoas. Para testes, a companhia lançou o Disney+ na Holanda antes de chegar aos os EUA e não apresentou problemas.

Disney + ficou disponível hoje nos Estados Unidos e tem assinaturas a partir de US$ 6,99. Por aqui, a plataforma está prevista para chegar apenas no segundo semestre de 2020.