De ação a comédia, sete filmes em streaming para curtir com seu amor

Produções agradam desde casais que curtem adrenalina em alto nível até histórias mais fofinhas

Pedro Siqueira Publicado por Pedro Siqueira
De ação a comédia, sete filmes em streaming para curtir com seu amor

O Dia dos Namorados já aí na porta e você ainda não sabe o que fazer para comemorar com o(a) mozão? Ou até sabe, mas não dispensa aquele momento de assistir a um filminho juntos? Pois pode relaxar e preparar a pipoca. Para que você nem precise perder tempo coçando a cabeça em busca do que assistir, selecionamos sete produções que são garantia de diversão.

As escolhas devem agradar desde quem procura apenas histórias calminhas para dar aquele quentinho no coração, até aqueles que preferem a adrenalina de eletrizantes tramas de ação.

Lógico que, se você não tiver uma cara metade, pode conhecer (ou rever) aqueles romances que talvez estejam perdidos por aí na sua lista ou mesmo aproveitar o momento para convidar o crush para uma sessão de cinema em casa.

10 Coisas Que Eu Odeio em Você (1999)

Heath Ledger solta a voz em cena do filme

Para quem ama comédias adolescentes, e ainda com um elenco de milhões, o longa com Heath Ledger e Julia Stiles é uma boa pedida. Além das performances cativantes do casal, o filme traz a cena icônica de Ledger cantando o clássico Can’t Take My Eyes Off You, de Frankie Valli, para a amada.

Onde assistir: Disney+

Sr. & Sra. Smith (2005)

Não tente reproduzir isso em casa. Por favor

Para os casais mais… empolgados, Brad Pitt e Angelina Jolie transbordam química em cena (basta dizer que os dois começaram a namorar na época das filmagens) no filme de ação.

Você poderia até pensar que a trama não é, necessariamente, um romance, mas se Duro de Matar virou filme de Natal, quem vai questionar a paixão entre os dois agentes secretos que precisam caçar um ao outro como fio condutor da trama? Mas atenção: não vá tentar reproduzir as cenas em casa.

Onde assistir: Star+

Meu Namorado é um Zumbi (2013)

Zumbis também têm coração

Uma moça se apaixona por um rapaz, mas por qualquer motivo que seja, os dois não podem ficar juntos. Você, com certeza, já viu essa premissa inúmeras vezes antes, certo? Mas e se o tal impedimento for… que o cara é um zumbi?

O longa é uma releitura cômica da trama mais clássica entre casais apaixonados, trazendo Nicholas Hoult (Mad Max: Estrada da Fúria) e Teresa Palmer (Eu Sou o Número Quatro).

Onde assistir: HBO Max

Um Lugar Chamado Notting Hill (1999)

“Sheee… may be the face I can’t forget”, se você conseguiu ler o trecho na melodia da música, deve saber que é bem difícil falar em romance no cinema sem lembrar de Hugh Grant e Julia Roberts.

Mesmo com o filme passando mais vezes na TV aberta do que comercial de margarina, há um motivo pelo qual a história ainda cativa plateias por aí… Como diria Silvio Santos, quem não viu, vai ver, e quem já viu, vai ver de novo.

Onde asssitir: Star+

Para Todos os Garotos Que Já Amei (2018)

Se a ideia é apenas desligar o cérebro e acompanhar adolescentes fofinhos às voltas com o primeiro amor, a comédia da Netflix pode ser o que você está procurando.

Baseada na série de livros de mesmo nome, a trama acompanha Lana (Lana Condor) que, como o título entrega, costuma escrever cartas para suas paixonites.

O elenco também revelou o astro Noah Centineo e ganhou duas continuações, em 2020 e 2021. Se estiver com disposição, você pode até emendar os três filmes em uma maratona de romance.

Onde assistir: Netflix

O Feitiço de Áquila (1985)

Rutger Hauer e Mchelle Pfeiffer estrelam clássico da sessão da tarde

Mais uma trama de casal que não pode ficar junto, mas dessa vez, o drama todo tem um lado místico. Rutger Hauer e Michelle Pfeiffer interpretam os apaixonados em questão. Amaldiçoados por um mago, eles estão destinados a nunca se encontrar, já que, durante o dia, a mulher assume a forma de uma águia, e de noite, o amante vira um lobo.

Os dois terão a ajuda de um jovem Matthew Broderick para quebrar o feitiço, na trama que virou mais um clássico na TV aberta brasileira.

Onde assistir: Star+

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)

O cinema nacional também oferece uma das mais fofinhas histórias de amor dos últimos anos com o filme de Daniel Ribeiro. Baseada no curta Eu Não Quero Voltar Sozinho, de 2013, a trama acompanha o nascimento do romance entre dois garotos, sendo um deles Leonardo, um jovem que é cego.

O roteiro aborda com sensibilidade as limitações para a paixão dos dois e mistura os elementos de romance com uma história sobre o amadurecimento e as responsabilidades trazidas pela chegada da vida adulta.

Onde assistir: Netflix

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1