Destiny 2: Renegados será experiência personalizada por jogadores, diz DeeJ [Entrevista]

Entrevistamos David Dague durante a E3 2018 sobre a aguardada expansão

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Destiny 2: Renegados será experiência personalizada por jogadores, diz DeeJ [Entrevista]

Os jogadores de Destiny 2 terão muitas atividades pela frente com a expansão Renegados, que trará diversas novidades para o jogo, incluindo um modo inédito, sistema de gerenciamento de armas reformulado e mais. Mas que tipo de dedicação isso exigirá dos fãs?

Durante a E3 2018, conversamos com o gerente de comunidade da BungieDavid Dague, mais conhecido como DeeJ entre os jogadores, que nos contou um pouco sobre as principais novidades de Renegados.

Começando pelo novo modo, Gambit, que mistura elementos de PVP com PVE. Nele, duas equipes avançam contra inimigos em arenas separadas, até que um participante pode acessar a área do adversário para atrapalhar a investida dos rivais. DeeJ espera que a nova atividade una os diferentes tipos de jogadores:

As pessoas têm motivos diferentes para jogar Destiny. Algumas gostam de atirar em alienígenas com seus amigos, algumas gostam de competir com outros jogadores, e achamos que esta era uma boa oportunidade de juntar tudo o que é bom sobre a experiência de Destiny em uma atividade explosiva. Quem gosta do aspecto cooperativo encontrará coisas legais para fazer em Gambit, mas para aquele amigo que vive no Crucible, você pode finalmente convidá-lo para o grupo para ser o invasor da arena inimiga para enfrentar o time adversário como um chefe.

Seja no Gambit, em embates contra outros jogadores ou em missões da campanha, uma das principais novidades da expansão é o novo sistema de gerenciamento de armas, que deve dar mais liberdade para que os jogadores na hora de escolher seus equipamentos. Mas também não é festa:

Há um sistema de gerenciamento de armas completamente novo. Você tem três categorias com diferentes tipos de armas. Desde o lançamento de Destiny 2 vemos algumas armas que as pessoas mais gostam, como escopetas, snipers e lança-mísseis sendo limitados a momentos raros de herói. Nós queremos que elas voltem a circular para que sejam usadas com mais frequência em Forsaken. Não é uma personalização completa, há alguns limites, porque não queremos que Destiny vire o ‘Lança-Mísseis: O Jogo’, o que seria legal por um tempinho, até alguém falar: ‘lembra quando esse jogo tinha alguma diversidade?’ (Risos) Mas desenvolvemos este novo sistema para que o jogador tenha mais controle e liberdade.

Por fim, outra novidade que chega em paralelo à expansão é o Passe Anual, que trará ainda mais conteúdos a cada temporada. Alguns jogadores ficaram preocupados com a ideia, mas Dague acredita que a compra é opcional, sendo voltada apenas para os mais entusiasmados:

Você não precisa comprar mais coisas para continuar jogando. Destiny é sobre você escolher seu nível de investimento e engajamento. Se os jogadores só querem uma boa campanha com história, Renegados tem isso. Se querem conteúdo de jogo após o fim, há diversas atividades para isso. Se querem um mundo social para participarem de atividades com os amigos, há diversas temporadas de eventos. Mas para aqueles que querem ainda mais, teremos o Passe Anual, que trará novas missões, armas, personagens, colecionáveis, história e mais.

Renegados será lançado oficialmente em 4 de setembro. Destiny 2 está disponível para PC, Xbox One e PlayStation 4.