Death Note | David Bowie era o favorito do diretor para interpretar Ryuk no live-action

O cantor veio a falecer antes de entrar para a produção do filme

João Abbade Publicado por João Abbade
Death Note | David Bowie era o favorito do diretor para interpretar Ryuk no live-action

William Dafoe foi a primeira opção entre os atores disponíveis para viver Ryuk no live-action de Death Note. Mas isso porque, originalmente, o diretor Adam Wingard queria um cantor interpretando o shinigami. Ao io9, Wingard revelou que tinha dois cantores estilosos como favoritos para o papel: David Bowie e Prince. A ideia de tê-los no filme estava sendo levada adiante, mas — infelizmente — ambos faleceram antes de entrar para o elenco do longa.

Para o diretor, Ryuk é o que faz de Death Note ser o que é. Ele até revelou que, quando assumiu o cargo de diretor, teve contato com diversos roteiros descartados nos oito anos que o filme esteve em pré produção e, em algumas destas versões, Ryuk era completamente excluído da história. “Originalmente havia versões onde o estúdio não ia colocar Ryuk no filme. Isso me parece ridículo!”, disparou Adam.

A conexão estabelecida entre Bowie e Prince e o demônio é bem interessante: o visual do shinigami, com roupas extravagantes e estranhas, foi o que levou o diretor a conectar os músicos com muita personalidade ao personagem bizarro do anime:

Eu acho que não tem muitos filmes americanos que podemos ver um demônio usando roupas típicas de glam rock como calças de couro e essas coisas.

Adam Wingard realmente queria um cantor no papel por causa do visual do personagem, mas — ao decidir que tentaria colocar um destes cantores no filme — ambos faleceram. Primeiro Bowie morreu e, quando o diretor partiu para a segunda opção nesse rol de músicos, Prince veio a falecer em seguida. Depois disso ele desistiu da ideia e escolheu um ator “mais tradicional”, no caso, William Dafoe:

David Bowie era quem eu queria que interpretasse Ryuk originalmente – mas ai o Davie Bowie morreu e então minha segunda escolha na lista era Prince. Estranhamente, ele também morreu logo depois. E aí decidi parar por aí, nós estávamos “matando” as pessoas. O que é muito mórbido, mas é verdade.

O filme de Death Note da Netflix conta a história de Light Turner (Light Yagami no mangá original), um estudante do ensino médio que encontra um caderno capaz de causar a morte de alguém apenas escrevendo o nome da pessoa e pensando no rosto dela. Entretanto, todo esse poder sobe à cabeça do jovem e ele começa uma caçada conta aqueles que julga indignos de viver.

Death Note estreia em 25 de agosto, popularmente conhecido como esse sexta-feira.