David Lynch gostaria de fazer uma versão do diretor de Duna

Cineasta, no entanto, acredita que não vai rolar

Pedro Siqueira Publicado por Pedro Siqueira
David Lynch gostaria de fazer uma versão do diretor de Duna

Antes de Denis Villeneuve, havia David Lynch. O diretor de Veludo Azul (1986) e Twin Peaks (1990-1991) adaptou Duna pela primeira vez para os cinemas em 1984, no filme com Kyle MacLachlan e Sting. A produção, no entanto, foi cercada de problemas, com o próprio cineasta não escondendo a insatisfação com o produto final. Em um tempo onde versões de filmes remontadas com maior alinhamento às visões do diretor tornaram-se comuns, Lynch disse que tem vontade de dar uma repaginada em Duna, mas duvida que haja interesse dos estúdios.

Em entrevista ao site AV Club (via IndieWire), ele diz:

“As pessoas me perguntam se eu não gostaria de mexer em Duna. Eu estava tão deprimido e enojado com o filme, sabe? Amo todo mundo com quem trabalhei, eles foram fantásticos. Amei todos os atores, a equipe. Amei tudo, exceto o fato de não ter o corte final. […] Aquilo foi uma tristeza enorme e um fracasso para mim. Se eu pudesse escolher um projeto para voltar, seria esse. Mas, você sabe, isso não vai acontecer.”

O filme de 1984 adapta a trama política da chegada dos Atreides ao planeta Arrakis, com todas as reviravoltas e conceitos de ficção científica do livro. Mas como o próprio Lynch disse, muito do material em tela acabou influenciado pelos produtores. Em determinado ponto, o cineasta chegou até mesmo a retirar seu nome dos créditos da produção.

O Duna mais recente, de Villeneuve, estreou no final de 2021, com sucesso de público e crítica. O longa garantiu uma continuação que chega em 2023, com Timothée Chalamet, Zendaya e Javier Bardem no elenco.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1