Dados da maioria de seus usuários podem estar vulneráveis, diz Facebook

Até 87 milhões de pessoas podem ter tido seus dados compartilhados indevidamente, sendo 443 mil do Brasil

Jefferson Sato Publicado por Jefferson Sato
Dados da maioria de seus usuários podem estar vulneráveis, diz Facebook

Após o recente escândalo relacionado ao vazamento de informações dos usuários do Facebook, a empresa admitiu em uma nota que a maioria das pessoas na rede social podem estar vulneráveis ao roubo de informações por causa de uma mecânica do sistema de busca.

Segundo o Facebook, era possível inserir o número de telefone ou endereço de e-mail na pesquisa para buscar pessoas, um método que podia ser usado para coletar informações de perfis configurados como públicos. A empresa afirma que desabilitou este recurso como forma de combater a prática.

A nota também contou com a divulgação de que 87 milhões de usuários podem ter tido seus dados compartilhados indevidamente pela consultoria britânica Cambridge Analytica. Um número significantemente maior do os 50 milhões citados quando o escândalo surgiu.

Segundo o gráfico, disponível abaixo, a maior parte destes usuários afetados são dos Estados Unidos: mais de 70 milhões de pessoas. Já no Brasil, o número foi de 443 mil.

Por fim, a nota também inclui outras mudanças feitas como forma de combater o roubo de informações, além de prometer que outras medidas serão tomadas no futuro.