CryTek fecha cinco dos seus sete estúdios

A empresa não pagava seus funcionários desde maio

João Abbade Publicado por João Abbade
CryTek fecha cinco dos seus sete estúdios

A CryTek — de Far Cry, Crysis e Ryse — fechou hoje a porta de cinco dos seus sete estúdios. Desde maio de 2016 a empresa vem tendo dificuldades financeiras e não conseguia pagar os seus funcionários — o que levou o suposto cancelamento de Ryse 2.

Agora, a CryTek lançou um documento público anunciando que fechará boa parte de seus estúdios e que vai voltar a focar em engine e aspectos técnicos. No “Crytek Outlines Future Plans and Focuses on Return to Core Competencies.” é dito que:

Os estúdios da CryTek de Frankfurt e Kiev irão continuar a desenvolver e trabalhar em ‘IPs Premium’. A CryEngine continuará sendo um pilar fundamental da estratégia global da Crytek, com empresas e desenvolvedoras podendo licenciar o motor gráfico.

A empresa ainda prometeu fazer a transição mais suave possível para o bem estar dos seus funcionários. Eis a lista dos estúdios que foram fechados hoje:

  • Crytek Black Sea em Sofia, Bulgaria
  • Crytek Budapest em Budapest, Hungria
  • Crytek Istanbul em Istanbul, Turquia
  • Crytek Seoul em Seoul, Coreia do Sul
  • Crytek Shanghai em Shanghai, China