Coringa | Joaquin Phoenix saiu no meio de algumas cenas para se recompor

Ele deixava os outros atores confusos com o que tinha acontecido

Marina Val Publicado por Marina Val
Coringa | Joaquin Phoenix saiu no meio de algumas cenas para se recompor

O Coringa é um personagem icônico e interpretá-lo não é fácil. Existe uma carga emocional para conseguir mostrar todas as facetas do vilão. Joaquin Phoenix, ator que atualmente interpreta o personagem, sentiu isso durante as gravações.

Em entrevista ao The New York Times, Todd Phillips, diretor do longa, comentou Phoenix às vezes perdia a compostura e precisava de alguns momentos para se recompor. Entretanto, em algumas ocasiões ele simplesmente saia do set e não avisava os outros atores, o que os deixava levemente atordoados:

No meio de uma cena, ele simplesmente saia andando e ia embora. E os outros atores ficavam achando que fizeram alguma coisa e nunca eram eles – era sempre ele, quando não estava sentindo [o personagem]. Ele dava uma volta e voltava e fazia.

Entretanto, Phoenix nunca fez isso com Robert De Niro, que só teve elogios ao colega de elenco:

Joaquin é muito intenso no que ele está fazendo, como deveria ser, como ele deveria ser. Não tem nada a comentar, pessoalmente. Nada de “Vamos tomar um café.” Vamos só fazer o a trabalho.

Coringa foi “escrito para Joaquin”, segundo diretor

“Foi uma das melhores experiências da minha carreira”, diz Joaquin Phoenix sobre Coringa

O elenco de Coringa conta com Joaquin Phoenix, Robert De Niro, Zazie Beetz (Deadpool 2), Bill Camp (Operação Red Sparrow), Frances Conroy (American Horror Story), Brett Cullen (Narcos), Glenn Fleshler (Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow), Marc Maron (GLOW), Josh Pais e Shea Whigham (Kong: Ilha da Caveira).

Já a equipe criativa é liderada pelo diretor Todd Phillips, de Se Beber Não Case, e o roteirista Scott Silver, de O Vencedor e 8-Mile. O longa é produzido por Phillips, Emma Tillinger Koskoff (Silêncio) e Bradley Cooper.

A produção é a primeira de um novo selo de filmes mais sérios e pesados baseados nas obras da DC Comics. Os longas terão diretores com estilos próprios e marcantes, e não estarão necessariamente ligados aos filmes da universo cinematográfico da editora.

Coringa estreia no Brasil em 3 de outubro de 2019. O filme levou o Leão de Ouro no Festival de Veneza.