Confira os melhores momentos do Oscar 2021

Daniel Kaluuya envergonha a própria mãe, Frances McDorman uivando, Glenn Close mostra que sabe dançar e mais!

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Confira os melhores momentos do Oscar 2021

O Oscar 2021 aconteceu na noite do último domingo (25) e, como sempre, rendeu bons momentos. A cerimônia consagrou o longa Nomadland como Melhor Filme e premiou Chloé Zhao como a segunda diretora a ganhar na categoria de Melhor Direção.

O prêmio deste ano ficará marcado por ter acontecido de maneira  bastante atípica: ele foi adiado de fevereiro para abril em decorrência da pandemia de COVID-19, o novo coronavírus, o que levou a diversos palcos e apresentações diferentes do que estamos acostumados.

No entanto, mesmo com as dificuldades, a noite foi marcada por momentos divertidos e interessantes.

Abaixo, listamos alguns momentos do Oscar 2021 que não podem passar batidos:

Daniel Kaluuya envergonha a própria mãe

O vencedor de Melhor Ator Coadjuvante por Judas e o Messias Negro envergonhou a sua própria mãe durante o discurso de agradecimento. Daniel Kaluuya falou sobre ter vivido uma figura histórica, como Fred Hampton, e agradeceu ao seu colega de elenco, o também indicado LaKeith Stanfield. Depois, ele brincou sobre estar vivo e agradeceu aos seus pais por esse fato. “Minha mãe conheceu o meu pai e eles fizeram sexo, é incrível. Entende o que quero dizer? Estou aqui, sabe? Estou muito feliz de estar vivo, então vou comemorar esta noite.”

Quando acabou de falar, a câmera mostrou a mãe de Kaluuya reagindo à fala do filho. O resultado você pode conferir abaixo:

“Acho que Daniel Kaluuya fez isso por todas as crianças que, em algum momento,  já foram envergonhadas pela mãe. Dito isso, com base na reação da mãe dele… Daniel talvez queira escolher um galho antes de voltar para a mesa.”

Yuh-Jung Youn finalmente conhece Brad Pitt

A primeira sul-coreana a ganhar o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante rendeu suspiros e risadas entre a platéia. Anunciada por Brad Pitt, Yuh-Jung Youn ganhou por sua atuação por Minari e, ao subir ao palco, falou para o ator: “Brad Pitt, prazer em conhecê-lo! Onde você estava quando estávamos filmando em Tulsa?”. A atriz seguiu o seu discurso e comentou sobre como a maior parte das pessoas comete erros ao pronunciar o seu nome. “Hoje vocês estão todos perdoados!”, brincou.

Frances McDorman uivando no palco

Frances McDorman começou a uivar quando subiu ao palco para receber o prêmio de Melhor Filme por Nomadland, longa o qual além de estrelar, ela foi produtora. Ao chegar a sua vez de discursas, McDomand uivou e disse que o prêmio era dedicado aos lobos, o que deixou muitas pessoas confusas. Na verdade, a atriz fez uma homenagem a Michael Wolf Snyder, responsável pela captação e mixagem de som do filme. Ele morreu em 2020, aos 35 anos. Como o sobrenome do Michael pode ser traduzido para “lobo”, o uivo foi uma homenagem a ele.

Glenn Close dançando

Durante um momento descontraído da noite, Glenn Close foi questionada se sabia qual se a música “Da Butt”, do filme Revolução Estudantil, do Spike Lee, tinha sido indicada ou vencedora de um Oscar. A atriz, indicada como Melhor Atriz Coadjuvante por Era Uma Vez um Sonho, lembrou que a canção não foi nomeada pela Academia do Oscar e, logo depois, mostrou que sabe dançar muito bem. Assista ao momento abaixo:

Discurso de Chloé Zhao

Vencedora do Oscar de Melhor Direção, a cineasta fez um discurso poderoso ao agradecer pela estatueta. Zhao é a segunda diretora a vencer o prêmio e falou sobre um poema chinês ao subir ao palco, dizendo que é preciso achar a bondade nas pessoas.

“Tenho pensado muito ultimamente sobre como continuo a seguir quando as coisas ficam difíceis. Quando eu era criança, na China, meu pai e eu costumávamos memorizar textos e poemas clássicos chineses e recitar juntos. Me lembro de um chamado The Three Character Classic, e ele dizia: ‘As pessoas, ao nascer, são boas’. Essas palavras tinham muito impacto quando eu era criança, e ainda acredito nelas. Sempre achei bondade nas pessoas que conheci, em todos os lugares do mundo. Este Oscar é para qualquer pessoa que tem a coragem de se manter boa e ver o que há de bom nos outros.”

Assista abaixo:

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1