Como se proteger de golpes no WhatsApp

Previna-se de ter seus dados vazados ou seu número sequestrado

Marina Val Publicado por Marina Val
Como se proteger de golpes no WhatsApp

Com o anúncio de que o WhatsApp terá função de transferir dinheiro e realizar pagamentos dentro do aplicativo (veja aqui), muitas pessoas ficaram preocupadas com o aumento do número de golpes.

Para evitar esse problema, juntamos aqui algumas dicas para você se proteger.

1. Ative a confirmação em duas etapas

Pode parecer uma chatice desnecessária, mas a confirmação em duas etapas deveria estar ativada em todas as suas contas, seja email profissional ou redes sociais pessoais. Caso pessoas más intencionadas consigam o controle de sua conta, elas podem usá-la para extorquir dinheiro de sua família ou conhecidos.

No WhatsApp, para ativar essa opção é só ir em Configurações (Android) ou Ajustes (iOS) > Conta > Confirmação em duas etapas > ATIVAR.

Ativando esse recurso, será necessário inserir também um endereço de email, para recuperar o PIN ou desativar a opção, caso você esqueça sua senha.

2. Nunca compartilhe o código de confirmação

Quando você ativa o WhatsApp em um novo dispositivo, o aplicativo manda um código de confirmação de seis dígitos por SMS para o seu número.

Alguns golpistas pedem esse número, fazendo se passar por funcionários do WhatsApp ou mesmo dizendo que é necessário para a ativação de alguma promoção. Não é. O que acontece é que eles “sequestram” o seu WhatsApp e passam a aplicar golpes em todos os seus contatos, se fazendo passar por você.

Nenhum funcionário real vai pedir esse código, então nunca o compartilhe com ninguém.

3. Não acredite em promoções que oferecem produtos grátis

Um golpe muito comum no Brasil é oferecer produtos grátis em troca dos seus dados. Recentemente, mais de 159 mil contas foram vítimas de um que oferecia cervejas grátis (veja aqui) e, no dia dos namorados, outras milhares foram vítimas de um esquema que supostamente oferecia perfumes de graça (confira).

Por mais que a tentação seja grande, é bom sempre desconfiar desse tipo de promessa. Verifique a origem do link e pesquise nas redes das marcas envolvidas se realmente está acontecendo alguma promoção.

4. Não envie dinheiro para amigos sem antes confirmar

Se o pior tiver acontecido com algum amigo ou familiar seu e o número deles for “sequestrado” por golpistas, você pode ser a próxima vítima. Pessoas com más intenções podem pedir dinheiro, alegando que estão em alguma situação desesperadora, mas desconfie.

Ligue para confirmar se é realmente o seu conhecido pedindo ajuda ou mesmo tente entrar em contato por alguma outra rede social. Mesmo se for realmente uma emergência, a pessoa vai entender a preocupação.