Com aprovação no México, compra da Fox pela Disney ganha data para acontecer

Acionistas vão fazer reuniões para alinhar os últimos detalhes antes do fechamento

João Abbade Publicado por João Abbade
Com aprovação no México, compra da Fox pela Disney ganha data para acontecer

mais de um ano, a Disney anunciava a compra da 21th Century Fox — aquisição que poderia mudar o panorama de partes importantes da indústria do entretenimento. Mas uma compra no valor de US$ 71,3 bilhões não acontece do dia para a noite e a transferência passou por várias instâncias e ritos burocráticos até ser enfim aprovada pelas duas empresas e órgãos legisladores. Acionistas discutiram e votaram a validade da compra, a Comcast tentou passar por cima da Disney e, por fim, a junção teve que ser aprovada em 24 países (afinal as duas empresas em jogo são ativas em vários territórios do planeta).

A aguardada compra da 21 Century Fox pela Disney foi fechada e nessa terça-feira (12) finalmente recebeu a aprovação dos 24 órgãos anti-monopólio — sendo que os últimos países a autorizarem a compra foram Brasil e México.

Depois de todos esses ritos burocráticos, a Disney marcou a data de 20 março de 2019 para que a aquisição seja consumada e a empresa do Mickey Mouse comece a operar todas as obras e propriedades intelectuais da Fox, com exceção da Fox News (que a Disney não quis adquirir) e a Fox Sports (que precisará ser vendida para não sofrer com represálias dos órgãos anti-monopólio).

Um porta-voz do estúdio bilionário declarou a Variety que espera ver a aquisição devidamente fechada ao meio-dia no horário da costa Leste dos Estados Unidos. Essa semana intermitente entre a aprovação e a consumação da compra servirá para os acionistas da Fox decidirem se querem ou não transferir seus investimentos para ações da Disney.

A integração entre as companhias vai permitir que a empresa coloque em jogo um plano que já está sendo traçado há meses — com o desenvolvimento do Disney+ e do Hulu –, novos heróis na Marvel, produção de séries originais para o streaming, atrações em parques e muito mais. Porém, apesar da satisfação daqueles que sonham em ver X-Men e Vingadores juntos, existem estimativas de que mais de 4000 pessoas serão demitidas com a junção.