Code Vein | Produtor fala sobre customização de habilidades e multiplayer do jogo

Conversamos com Keita Iizuka durante a E3 2019

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Code Vein | Produtor fala sobre customização de habilidades e multiplayer do jogo

Prometido inicialmente para 2018, Code Vein marcou presença na E3 2019, onde os visitantes da feira puderam testar um pouco do jogo.

Publicado pela Bandai Namco, Code Vein é um jogo de ação Souls-like em que o jogador é um vampiro tentando se adaptar em um novo mundo cheio de ameaças. Com visual de anime e a possibilidade de recrutar um NPC para lugar a seu lado, o jogo traz inimigos monstruosos e cenários urbanos.

Durante nossa visita à E3, conversamos com Keita Iizuka, um dos produtores do jogo, para entender melhor.

NerdBunker: Como vocês fizeram o balanceamento para que jogadores mais casuais não ficassem assustados com a dificuldade? 

Keita Iizuka: Em termos de gameplay, quando falamos “dificuldade alta” tem muito a ver com a ação e o feeling do jogo. Queríamos que fosse algo bem sólido e algo que você realmente pudesse se aprofundar. Tem muitos aspectos da ação que dependem da técnica e habilidade dos jogadores, como memorizar o ambiente, ou o posicionamento e padrões de ataques dos inimigos, otimizar a evasão e o contra ataque. Essas coisas vão depender da habilidade e conhecimento do game do jogador.

Se fosse apenas isso, os jogadores menos hardcore ficariam desencorajados, então trouxemos o elemento de RPG do jogo para balancear. Nele, temos o sistema de parceiros, onde você luta ao lado de NPCs, e esperamos que essa ajuda mantenha os novos jogadores motivados. Além disso, é possível aumentar o nível do seu personagem, trocar armas, customiza-las. […] Oferecemos variedade de estilos de jogo e gameplay. As opções de customização abrem muitas possibilidades para que o jogador tente uma estratégia diferente a cada tentativa de derrotar um inimigo ou limpar uma área.

Keita Iizuka, produtor de Code Vein

Você pode falar mais sobre o multiplayer do jogo?

No online, você pode jogar de forma cooperativa com outro jogador. Durante a experiência normal offline, geralmente você vai estar com seu personagem e seu parceiro na aventura, mas no online você pode convidar mais uma pessoa, formando um grupo com três personagens.

Oh, um trio?

Sim! Seu personagem, o parceiro do seu personagem e outro jogador.

Sobre a parte de customização, é uma das maiores que já vi em um jogo. Para a versão final, teremos ainda mais roupas, o jogo terá atualizações nesse sentido?

Na versão final do jogo teremos dúzias de Blood Codes e Gifts que você pode usar e customizar, trocar entre eles, então o aspecto de personalização vai ser expandido no futuro. Acho que a parte mais divertida de Code Vein e da customização é trocar entre os Blood Codes. Os Blood Codes dão ao jogador diferentes técnicas, e alguns Gifts tem pré-requisitos de stats antes que possam ser equipados, então tentar entender seu jeito ideal de jogar e escolher quais Blood Codes usar provavelmente serão a parte mais divertida do jogo.

Por que fazer um personagem customizável ao invés de um herói fixo?

Tomamos essa decisão para que o jogador realmente se sentisse como o protagonista nesse universo em que você é um vampiro e está tentando entender o mundo. Você cria seu próprio personagem, sua própria imagem, talvez como um reflexo de si mesmo, e essa é a só a parte exterior. Quando você entra no gameplay, você também pode customizar quais armas você quer usar, suas habilidades, toda essa customização que te ajuda a se ajustar a seu próprio estilo. Queríamos que a customização de personagens fosse um reflexo de cada jogador individualmente,e  que cada jogador pudesse ter a experiencia de ser o protagonista da história do Code Vein.

Code Vein será lançado em 27 de setembro para Playstation 4, Xbox One e PC.


Matéria feita com informações de Jefferson Kayo, direto da E3 2019, em Los Angeles.