Christopher Nolan diz que Stanley Kubrick foi o maior cineasta de todos os tempos

Fã assumido

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Christopher Nolan diz que Stanley Kubrick foi o maior cineasta de todos os tempos

Christopher Nolan é fã de Stanley Kubrick. Tipo, muito fã mesmo. Se você olhar algumas cenas de Interestelar, vai perceber a influência de 2001: Uma Odisseia no Espaço de forma bem, bem clara.

Nolan agora foi além do senso de fã e definiu: para ele, Kubrick foi o maior cineasta de todos os tempos. Ele se referiu ao diretor com essa alcunha durante uma conversa no podcast The Treatment.

Na entrevista, Nolan estava defendendo o uso de tecnologias analógicas na produção e na exibição de filmes. O cineasta defendeu que a película de celuloide é “a melhor analogia à forma que os olhos humanos enxergam que já foi inventada”.

Na película, existe uma profundidade de cores, uma resolução melhor, um peso no preto da imagem, os contrastes. Tudo. Existem muitas coisas que a tecnologia digital não consegue fazer.

Nolan explicou que apesar de algumas tecnologias digitais conseguirem emular alguns aspectos do filme em película, o resultado nunca será o mesmo. Para ele, é necessário uma retomada dos métodos analógicos:

Quando você começa a olhar para a história do cinema, e vê um 2001. Eu acho muito importante darmos ao público a experiência analógica que eu tive quando assisti ao filme em um dos relançamentos no cinema.

Em seus próprios filmes, Nolan é um grande adepto das gravações analógicas: Dunkirk, seu filme mais recente, foi completamente rodado em película IMAX 70mm, algo que, para ele, gera um resultado imagético muito mais interessante e poderoso, apesar de encarecer o processo de produção.