CEO diz que Activision Blizzard vai “dar exemplo” de como lidar com assédio

"As pessoas serão responsabilizadas por suas ações", afirmou Bobby Kotick

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
CEO diz que Activision Blizzard vai

Durante uma conferência com investidores na última quarta (4), Bobby Kotick, CEO da Activision Blizzard, voltou a falar sobre as acusações de assédio contra a empresa e afirmou que atitudes serão tomadas e vão “dar um exemplo” para a indústria.

“Nosso ambiente de trabalho não vai permitir discriminação, assédio ou tratamento desigual. Nós seremos a empresa que vai dar um exemplo nisso na nossa indústria. Enquanto já tomamos vários passos nessa direção, hoje vamos tomar mais ainda”, explicou Kotick.

Como uma das medidas, o CEO citou a decisão de promover Jennifer Oneal e Mike Ybarra como novos líderes da Blizzard, após a saída do presidente J. Allen Brack. E voltou a reforçar que todas as acusações serão investigadas.

“As pessoas serão responsabilizadas por suas ações. Nosso comprometimento significa que não apenas demitiremos funcionários quando for preciso, mas também demitiremos qualquer gerente ou líder que impedir a integridade de nossos métodos de avaliação e de nossa determinação de tomar as consequências apropriadas”.

As informações são da VGC.

Há alguns dias, a Activision Blizzard anunciou algumas medidas em relação às acusações de assédio e discriminação que, segundo os funcionários, ainda não foram satisfatórias.

Mais notícias