CEO da Activision Blizzard diminui o próprio salário até que empresa aplique melhorias

A partir de agora, Kotick receberá o salário mínimo estipulado pela Califórnia

Tayná Garcia Publicado por Tayná Garcia
CEO da Activision Blizzard diminui o próprio salário até que empresa aplique melhorias

A Activision Blizzard soltou uma carta aberta nesta quinta-feira (28), em que o CEO Bobby Kotick anuncia que passará a receber um salário menor até que a empresa aplique “melhorias significativas relacionadas à igualdade salarial de gêneros”.

A partir de agora, Kotick receberá o salário mínimo estipulado pela Califórnia: US$ 62,5 mil por ano. Antes, o CEO ganhava US$ 875 mil por ano.

A carta também afirma que o executivo não receberá nenhum tipo de bônus ou compensação neste período. “Vocês têm a minha promessa de que faremos todo o possível para honrar nossos valores e criar um local de trabalho que todos os membros da equipe merecem”, disse Kotick.

Em relação às melhorias que estão para ser aplicadas, o CEO explicou que a empresa tem cinco objetivos atualmente, que incluem ter uma política de tolerância zero contra assédio, aumentar a porcentagem de mulheres e pessoas não-binárias na equipe, aumentar a visibilidade para garantir equidade salarial e fornecer atualizações de forma frequente e transparente.

A carta aberta, disponível clicando aqui, é mais uma das respostas da Activision Blizzard às acusações de assédio e discriminação sexual, que tiveram início em julho.

div-ad-vpaid-1
div-ad-sidebar-1
div-ad-sidebar-halfpage-1