Jovem Nerd - Notícias sobre filmes, séries, HQs, games, animes, ciência, tecnologia e humor, porque rir não faz mal a ninguém!

Cavaleiro da Lua: Ethan Hawke teve medo de aceitar papel de vilão

Ator estará na nova série da Marvel no Disney+

Gabriel Avila Publicado por Gabriel Avila
Cavaleiro da Lua: Ethan Hawke teve medo de aceitar papel de vilão

A Marvel se prepara para o lançamento da série Cavaleiro da Lua. Um dos destaques da produção é a presença de Ethan Hawke, ator veterano que teve medo de aceitar o convite para viver o vilão da produção do Disney+.

O astro viverá Arthur Harrow, cientista cruel das HQs que utilizava pessoas como cobaias em suas pesquisas desumanas. Em entrevista à EW, Hawke revelou que teve medo de ter a carreira marcada como um cara mau por causa do papel:

“Sempre acreditei na teoria que quando você ensina o público a ver os demônios dentro de você, eles não conseguem desvê-lo pelo resto da sua carreira. Jack Nicholson pode estar interpretando um contador e você vai continuar esperando que ele exploda como fez em O Iluminado. Muda sua relação com um ator, então sempre tive medo disso. Mas percebi que estou do outro lado dos 50 [anos] e chegou a hora de colocar uma nova ferramenta na caixa. Vilões podem ser meu futuro.”

Vale lembrar que além de Cavaleiro da Lua, Ethan Hawke vai interpretar o vilão de O Telefone Preto, novo filme de terror de Scott Derrickson (Doutor Estranho). Segundo ele, um fator fundamental para aceitar o papel foi a empolgação de Oscar Isaac (Star Wars), ator que viverá o protagonista:

“O mundo das histórias em quadrinhos foi muito importante para mim quando mais jovem. Sempre fiquei um pouco apreensivo; há um tipo de ator que realmente se destaca nesse universo, e ainda não tenho certeza que sou um deles. Mas então Oscar me convidou, e eu realmente o respeito. E sabia que se ele entrasse, seria de cabeça, e é divertido fazer qualquer gênero com pessoas que estão entregues. Mohamed Diab, realmente gosto dos filmes dele, é um diretor especial.”

Hawke prosseguiu comparando Cavaleiro da Lua a outros personagens maiores dos quadrinhos. Segundo ele, não houve muita pressão na produção da série porque o herói da Marvel ainda não conta com fãs muito exigentes:

“Fiquei tipo ‘ah, vamos fazer algo bacana com esses caras’. E quanto mais eu aprendia sobre o Cavaleiro da Lua, mais empolgado ficava. Porque é muito melhor do que tentar criar algo que o público já tenha uma ligação. Se você fizer Batman, Superman ou Hulk, qualquer um desses famosos, os fãs têm muitas os fãs têm tantas coisas preconcebidas que eles querem deles, é como interpretar Hamlet. Noventa por cento das pessoas têm uma opinião de como Hamlet deve ser interpretado. Amo fazer Shakespeare para um público de estudantes porque eles não têm um grande comprometimento. Eles não viram quão melhor o Patrick Stewart foi melhor do que você, eles apenas aceitam como você faz. E com Cavaleiro da Lua nós pudemos criar um mundo e um personagem. O fã em mim sempre gosta mais do primeiro filme, amo aprender como diabos o Capitão América virou quem é – essas são minhas partes favoritas da história.”

Cavaleiro da Lua é o primeiro projeto da Marvel Studios para 2022. O ano terá ainda Doutor Estranho no Multiverso da Loucura (maio), Thor: Amor e Trovão (julho) e Black Panther: Wakanda Forever (novembro), além das séries She-Hulk e Ms. Marvel, ainda sem data de estreia.

A série estreia no dia 30 de março, no Disney+, e terá seis episódios.

Mais notícias