Casaquistão se vinga de Borat em sequência não autorizada

Borat, de Sacha Baron Cohen brincou com milhares de facetas tanto dos EUA quanto fora do país, em especial o Casaquistão, já que o personagem-título é de lá. De acordo com o filme, o Casaquistão é um país pobre, incestuoso e que faz festivais de ódio contra religiões todo ano. Os cidadãos do país não […]

Stephan Martins Publicado por Stephan Martins
Casaquistão se vinga de Borat em sequência não autorizada

Borat, de Sacha Baron Cohen brincou com milhares de facetas tanto dos EUA quanto fora do país, em especial o Casaquistão, já que o personagem-título é de lá. De acordo com o filme, o Casaquistão é um país pobre, incestuoso e que faz festivais de ódio contra religiões todo ano.

Os cidadãos do país não gostaram nada de serem retratados como foram no filme, já que mesmo com o aumento do turismo, a reputação deles foi diminuída consideravelmente. Por isso, cineastas locais estão produzindo a sequência (obviamente não autorizada) intitulada “My Brother, Borat”.

O filme, que terá pitacos de comédia mas nada da “linguagem obscena” do filme original, trará um americano chamado John que resolve visitar o Casaquistão após assistir Borat. Então, ele se encontra com o irmão de Borat, Bilo, que irá mostrar para John que o Casaquistão possui arranha-céus, parques e hospitais.

Apesar do risco da Fox tentar processá-los, o diretor do filme os desafia e diz que “vai comê-los vivos”.

Via CinemaBlend


Stephan Martins
Stephan Martins riu demais em Borat, e adorou este anúncio!

.