Capitão América: Guerra Civil | Roteiristas falam sobre vilões no Universo Marvel

Roteiristas comentaram as críticas feitas aos vilões dos filmes do estúdio

Cesar Gaglioni Publicado por Cesar Gaglioni
Capitão América: Guerra Civil | Roteiristas falam sobre vilões no Universo Marvel

Uma das críticas recorrentes ao Universo Cinematográfico da Marvel é a falta de desenvolvimento dos vilões de cada filme. Em uma entrevista ao site JoBlo, Stephen McFeely e Christopher Markus, roteiristas de Capitão América: Guerra Civil, comentaram sobre o assunto:

“Se você parar para pensar, as críticas são compreensíveis, mas na fase inicial só tínhamos histórias de origem e isso tende a criar vilões parecidos. Passadas as origens, acho que você tem mais liberdade para criar vilões diferentes. Eu entendo o problema. O segundo filme do Capitão América não era uma história do Robert Redford. Era a história do Soldado Invernal. O primeiro não era uma jornada do Caveira Vermelha, era a transformação de um magricela no Sentinela da Liberdade”, explicaram.

Num filme de 120 minutos é difícil e Thanos possivelmente vai mudar isso. Eu amo as séries da Marvel na Netflix, porque eles tem muito mais tempo para investir nos vilões. Literalmente minutos e horas. Nós temos 120 minutos e Jessica Jones teve seja lá quanto for”, concluiram.

Com exceção de Loki, boa parte dos vilões do Universo Marvel receberam duras críticas dos fãs, que alegavam uma falta de profundidade nos personagens. Só resta saber como o estúdio vai apresentar Thanos na vindoura Guerra do Infinito.