Capitã Marvel pode deter Thanos?

O que já rolou nas HQs e quais os principais poderes de cada um

Edimário Duplat Publicado por Edimário Duplat
Capitã Marvel pode deter Thanos?

Capitã Marvel finalmente chegou, Vingadores: Ultimato está logo ali (26 de abril), e a conclusão do Universo Cinematográfico Marvel (MCU) construído nos últimos dez anos promete ser intrigante: quais personagens retornarão dos mortos (ou não)? Qual o plano para deter Thanos? E qual o papel da Capitã Marvel nisso tudo?

Carol Danvers é muito poderosa, mas será que ela daria conta do Titã Louco? Com base nas HQs, apontamos algumas possibilidades que podem acontecer ou influenciar este confronto tão esperado. Mas antes, vamos falar dos poderes de cada um dos personagens:

Capitã Marvel

  • Superforça
  • Voo
  • Absorção de energia
  • Habilidade de disparar rajadas fotônicas

O grande trunfo de Danvers pode ser visto no seu “modo Binária”, no qual a heroína chega a níveis estelares de energia e tem o dobro de força, resistência e agilidade, além de acessar um poder do nível de um buraco branco, indo além do habitual espectro eletromagnético no qual já absorve energia. O problema é que a cada aumento de energia para este modo, a Capitã Marvel pode perder o controle, com dificuldades a manter laços emocionais.

Thanos

  • Resistência e força sobre-humana
  • Capacidade de canalizar energia de plasma pelos seus olhos e mãos
  • Invulnerável ao frio do espaço, ao calor extremo e radiação graças a sua pele
  • Nível intelectual acima do normal, com resistência a ataques psíquicos

Capitã Marvel Vs. Thanos

Nas HQs, já aconteceram breves embates entre os dois, com foco maior nos primeiros capítulos da saga Guerra Civil II. Na ocasião, a Capitã Marvel – acompanhada de outros heróis como Mulher-Hulk, Máquina de Combate, Fóton, Pantera Negra e Medusa – teve dificuldades de deter Thanos, que, além de seus poderes também utilizava armas alienígenas de ultima geração. O embate faz com que a heroína chegasse níveis altos de energia, quase detendo o vilão. Mas um incidente com resultados catastróficos interrompe o combate e traz baixas importantes aos heróis.

As Joias do Infinito

O grande problema deste exercício de imaginação vai além dos limites entre os heróis, já que um elemento de fundamental importância está em jogo: As Joias do Infinito. Objetos de extremo poder, as gemas podem moldar a realidade para o bel prazer de seu usuário e eliminar o seu adversário antes mesmo do embate começar.

Porém, aí temos alguns adendos a tratar:

O primeiro deles, que já vimos em Vingadores: Guerra Infinita, demonstra que as joias do MCU são usadas de maneira distinta, com a manopla sendo um catalisador necessário para controlar o poder. Dessa maneira, é preciso entender o quanto dos danos ocasionados por Thor podem ter afetado as joias e o seu uso.

Outro aspecto tem relação com uma possibilidade já vislumbrada nas HQs: Carol Danvers apresenta um tipo de cognição cósmica que a faz antecipar os movimentos de seus oponentes, e este dom pode estar ligado a uma Consciência Cósmica herdada do próprio Capitão Marvel e que pode fazê-la vislumbrar além da realidade a qual pertence. Sendo assim, este seria um dom equivalente ao das joias do infinito em uma batalha muito além do plano físico e material. A Joia da Alma pode enganar até o próprio usuário, além do inimigo, mostrando uma realidade diferente ou ilusória.

Outra possibilidade é o advento de uma arma cósmica que rivalize com as joias (como uma sétima joia, uma segunda manopla ou outra arma) que poderia encontrar na resistência da Capitã um dos poucos usuários que suportasse o uso deste poder.

Além disso, o dom de absorver energias dá a Carol Danvers a possibilidade de canalizar o poder das gemas ou até de quebrar ou inutilizar uma delas.

Diante de tudo isso, dá para perceber que a luta não será fácil, mas Capitã Marvel tem tudo para ser fundamental na vitória contra Thanos.