Call of Duty: Modern Warfare reflete mundo atual e terá sistema de escolhas

Conversamos com o diretor de narrativa Taylor Kurosaki

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Call of Duty: Modern Warfare reflete mundo atual e terá sistema de escolhas

Revelado durante a E3 2019, o novo jogo da franquia Call of Duty volta no tempo para entregar uma experiência atual — chamado de Call of Duty: Modern Warfare, o título tem a missão de retratar os dias atuais.

Conversamos com Taylor Kurosaki, diretor de narrativa de Call of Duty: Modern Warfare, e ele nos contou um pouco mais sobre o realismo do jogo e sobre a trama.

NerdBunker: Todo mundo estava achando que era um reboot, um remake, mas é algo completamente novo. Por que escolheram usar o mesmo nome?

Taylor Kurosaki: O nome Modern Warfare original era para passar a sensação de que o jogo se passa nos dias atuais, dava a sensação de relevância. Esses jogos já tem uns 11 anos de idade, já faz um bom tempo (risos).

Além de queremos que esse jogo seja relevante para o mundo em que vivemos agora, outra coisa pela qual [o primeiro] Modern Warfare ficou conhecido era tipos novos de gameplay, novas perspectivas de jogar um “jogo militar”, então precisávamos fazer isso de novo. Precisávamos pensar em como evoluir, como revolucionar o modo de jogar um jogo como esse novamente. Da mesma forma que eu, quando joguei, fiquei impressionado, tivemos que descobrir como fazer fãs novos e antigos se sentirem assim.

Taylor Kurosaki, diretor de narrativa de Call of Duty: Modern Warfare

É mais difícil fazer games mais realistas hoje em dia por causa do terrorismo, e os problemas que o mundo está passando agora? O jogo está mais realista?

Call of Duty dá aos jogadores a oportunidade de se sentirem empoderados. Dá a eles o sentimento de que eles podem ajudar a tornar do mundo um lugar melhor, um lugar mais seguro.

Os jogadores devem fazer escolhas difíceis nesse jogo porque isso faz parte do trabalho, você tem que tomar decisões muito muito difíceis rapidamente, esse é o trabalho. Mas nesse jogo não permitimos que o jogador faça nada do que ele não poderia fazer no mundo real. No mundo real, se você estragar tudo, você teria um problema gigantesco em suas mãos.

Algo legal, é que os óculos de visão noturna são reais — eles funcionam exatamente como funcionariam na vida real. E só conseguimos isso porque o jogo está sempre renderizando todo o espectro da luz. Normalmente os games renderizam apenas RGB, que é o espectro que conseguimos ver com nossos olhos. Em Modern Warfare, nossa engine renderiza a luz em espectros que não são visíveis, e quando usamos os óculos de visão noturna podemos ver nesses espectros que geralmente não estão visíveis. O time de renderização estudou os óculos de verdade, e reconstruíram uma versão digital a partir disso para aprender como eles funcionam. E a versão do jogo funciona como os do mundo real.

Você pode falar um pouco sobre a história do jogo?

A narrativa segue predominantemente dois protagonistas. um deles é um policial anti-terrorista de Londres chamado Kyle Garrick, e ele sabe em seu coração que, se tivesse permissão de agir mais, ele poderia ter mais impacto, ele poderia fazer uma diferença maior. Mas ele não pode agir porque as regras o impedem. Até que ele conhece o Capitão Price, que diz “lute comigo e vamos fazer uma diferença maior”.

O outro lado da história segue um rapaz chamado Alex. Ele é um agente da CIA, e seu trabalho normal é receber ordens e trabalhar junto com forças locais ao redor do mundo para ajudá-los. Mas nessa história ele conhece a comandante Farah que realmente abre seus olhos e o faz repensar sobre o significado de lutar por algo em que você acredita. Eventualmente os dois grupos se juntam. A campanha se passa em vários lugares da Europa e no Oriente Médio.

Modern Warfare sempre foi sobre perspectivas de guerra, e esse jogo não é uma exceção, mas a perspectiva que nós queríamos mostrar é “e se a guerra estivesse acontecendo no meu país, como isso faria eu me sentir?”.

Vamos ver algumas missões inspiradas em eventos que aconteceram de verdade?

Se você é uma pessoa que acompanha as notícias e conhece a natureza geopolítica do mundo em que estamos vivendo agora, muitas das missões vão parecer familiares. Não estamos recriando acontecimentos mundiais, nunca foi nossa intenção, mas nos inspiramos nas coisas que vimos no mundo e queremos fazer um jogo que parecesse real para os jogadores que sabem como o nosso mundo é.

Call of Duty: Modern Warfare chega no dia 25 de outubro para PlayStation 4, Xbox One e PC.


Matéria feita com informações de Jefferson Kayo, direto da E3 2019, em Los Angeles.