Buraco negro mais próximo da Terra já registrado é descoberto por astrônomos

O fenômeno está localizado a apenas 1000 anos-luz de nós

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Buraco negro mais próximo da Terra já registrado é descoberto por astrônomos Créditos: L Calçada/ESO

Cientistas europeus encontraram o buraco negro mais próximo da Terra já registrado enquanto trabalhavam em uma instalação situada no sul do Chile. Segundo informações publicadas pelo Observatório do Sul da Europa (ESO), o buraco está há menos de mil anos-luz de distância do planeta, o que permite que possamos enxergar as estrelas que giram ao seu redor a olho nu.

Os astrônomos acreditam que este buraco negro seja apenas um de outros vários que também podem estar perto da Terra. Thomas Rivinius, cientista que liderou o estudo, explicou que “deve existir centenas de milhões de buracos negros por aí, mas ainda se sabe muito pouco”. “Saber o que vamos procurar nos ajuda a encontrá-los”, completou.

Ele foi descoberto a partir de uma pesquisa sobre sistemas com duas estrelas e foi uma surpresa para os astrônomos ao descobrirem que um dos objetos de estudo escondia um buraco negro que ainda não tinha sido identificado. Ao contrário dos outros tipos, este em específico não interage com os objetos ao seu redor e, portanto, não os absorve, o deixando totalmente preto e camuflado no espaço.

Os cientistas conseguiram observar a presença deste buraco negro justamente pela interação gravitacional exercida por ele e, assim, o definiram como um “buraco negro silencioso”.

Ainda segundo os pesquisadores, cálculos apontam que o objeto de estudo é um buraco negro com massa estelar e que foi formado a partir de um colapso de uma estrela que já estava prestes a morrer. Rivinius explicou que “um objeto com 4 vezes a massa solar só pode ser um buraco negro”.

O telescópio usado pelos astrônomos foi um MPG/ESO 2.2, situado no Chile, mas não é necessário ter um desses para poder enxergar as estrelas do buraco negro: se uma pessoa do hemisfério sul olhar para o céu, será capaz de vê-las a olho nu durante uma noite clara.