Brasil é convidado a participar do programa espacial Artemis

Convite foi feito pelo conselheiro de segurança nacional dos Estados Unidos

Priscila Ganiko Publicado por Priscila Ganiko
Brasil é convidado a participar do programa espacial Artemis

O Brasil foi convidado a fazer parte do programa Artemis da NASA.

O conselheiro de segurança nacional dos Estados Unidos, Robert O’Brien, convidou o Brasil a integrar o programa de exploração espacial. O convite, que foi publicado na conta do Twitter do Conselho Nacional de Segurança dos EUA, afirma que o acordo “guiará os EUA, o Brasil e outros parceiros com o mesmo pensamento enquanto fortalecemos os esforços de exploração espacial para um futuro próspero”.

Esse acordo citado por O’Brien é uma série de diretrizes e princípios para guiar as entidades envolvidas no projeto Artemis. Baseado no Tratado do Espaço Sideral, feito por Estados Unidos, Reino Unido e União Soviética em 1967, o texto tem como premissa “criar um ambiente seguro e transparente que facilite a exploração e uso do espaço sideral”, segundo o site oficial.

O programa visa levar a primeira mulher e o próximo homem para a Lua até 2024, e a NASA está investindo em diversas áreas para que isso seja possível.

Além de levar o casal para o satélite, o programa também tem como objetivo estudar a viabilidade de montar uma base sustentável na Lua até o ano de 2030, e, para que isso aconteça, será necessária a cooperação de organizações públicas e privadas de diversos países.

A participação do Brasil no projeto ainda não está clara, e, por enquanto, não há informações oficiais brasileiras sobre o assunto.