Bill Paxton vai dirigir filme que adapta série clássica Kung Fu

Em 1972, estreava uma das séries que mais ficou na memória da época. Apesar de Kung Fu ter sido em parte uma ideia de Bruce Lee, desavenças internas entre os produtores e Lee (somados ao racismo dos grandes donos das empresas na época, o que impedia que a produção pudesse deixar os problemas de lado), […]

Stephan Martins Publicado por Stephan Martins
Bill Paxton vai dirigir filme que adapta série clássica Kung Fu

Em 1972, estreava uma das séries que mais ficou na memória da época. Apesar de Kung Fu ter sido em parte uma ideia de Bruce Lee, desavenças internas entre os produtores e Lee (somados ao racismo dos grandes donos das empresas na época, o que impedia que a produção pudesse deixar os problemas de lado), o papel principal ficou com o bailarino David Carradine.

No fim das contas, a falta da presença de Lee não diminuiu a qualidade do programa. Suas ideias espirituais e filosóficas, combinadas às ideias e roteiros dos produtores e dos assessores, acabaram tomando uma outra forma na persona de Carradine, que conseguiu somar sua imagem (que ninguém dava nada) a de um pacífico monge Shaolin.

Os elementos de taoísmo e budismo permearam o Velho Oeste americano, depois que o sino-americano Kwai Chang Caine teve de fugir da China. A série ainda estreou o conceito de Flashbacks na televisão, e mesmo sem o primor marcial de Bruce Lee (com as lutas não sendo grande coisa visualmente), os movimentos marciais estavam todos lá. O grande tchã da série eram os flashbacks com o Mestre Po, o velho cego que gerou um dos memes televisivos mais famosos: o Pequeno Gafanhoto.

Agora, a Legendary Pictures vai reviver a franquia num filme atual, que acaba de ter seu diretor confirmado: Bill Paxton. Ele, que já atuou em mais de 70 filmes, começou sua carreira definitiva como diretor a partir de 2001, onde dirigiu A Mão do Diabo, depois O Melhor Jogo da História em 2005, e recentemente o curta-metragem Tattoo.

Basta que tenhamos os mesmos tipos de elementos espirituais da série original, junto com atores marciais que saibam o que estão fazendo, e veremos algo que pode valer muito a pena. E o Mestre Po, é claro.

Via Deadline


Stephan Martins
Kung Fu é uma das séries preferidas de Stephan Martins.

.