Benedict Cumberbatch também falou sobre as declarações de Scorsese e Coppola

O ator vive o Doutor Estranho no MCU

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Benedict Cumberbatch também falou sobre as declarações de Scorsese e Coppola

Depois que Martin Scorsese disse publicamente que os filmes da Marvel “não são cinema” e Francis Ford Coppola chamou as produções de super-heróis de “desprezíveis”, diversos atores e diretores ligados ao estúdio se pronunciaram sobre as declarações.

Dessa vez, o ator Benedict Cumberbatch, o Doutor Estranho do MCU, foi quem deu o seu parecer sobre toda a polêmica.

Segundo informações da Collider, em entrevista ao programa de rádio The Jenny McCarthy Show, o ator falou sobre a posição dos atores que podem trabalhar em diferentes tipos de produção.

Eu sei que houve muito debate recentemente com esses ótimos cineastas dizendo que as franquias estão tomando conta de tudo, mas sorte temos nós, atores, que podem fazer as duas variedades nos pólos de orçamento. E eu concordo, sabe. Não queremos que um rei mande em tudo e tenha uma espécie de monopólio. Com sorte, este não é o caso e nós realmente precisamos continuar a apoiar os diretores em todos os níveis.

Cumberbatch se junta a outros nomes que se pronunciaram sobre o assunto. Pedro Almodóvar criticou a “falta de sexualidade” nos filmes da Marvel.

Em contrapartida, Damon Lindelof, criador da série de Watchmennão achou justa a colocação de Scorsese. Robert Downey Jr., James Gunn e Karen Gillan, também saíram em defesa da Marvel.

Samuel L. Jackson foi um pouco mais incisivo em sua colocação e disse que “nem todo mundo gosta dos filmes” de Martin Scorsese.

Bob Iger, CEO da Disney, disse achar o posicionamento de Scorsese e Coppola uma falta de respeito com as pessoas que trabalham nos filmes.

Por outro lado, Jon Favreau disse que “esses dois caras são meus heróis e eles conquistaram o direito de se expressar”.