Autoridades pedem aos fãs de Demon Slayer que parem de escalar o Monte Kumotori, no Japão

Pessoas estão tentando chegar ao topo da montanha usando apenas bermudas e chinelos

Fernanda Talarico Publicado por Fernanda Talarico
Autoridades pedem aos fãs de Demon Slayer que parem de escalar o Monte Kumotori, no Japão

Para os fãs de Demon Slayer: Kimetsu no Yaiba, o Monte Kumotori, na cidade de Okutama, no Japão, é bastante conhecido, pois é o local onde, supostamente, os irmãos Kamado nasceram e também onde a história da série se inicia. Como tudo o que tem ligação com o anime faz muito sucesso, não poderia ser diferente com a montanha, que se tornou um ponto turístico para aqueles que gostam da animação, levando pessoas a escalarem o local.

No entanto, os escaladores iniciantes têm feito o longo trajeto de maneira nada convencional: usando apenas bermudas e chinelos, em pleno outono, que pode chegar a temperaturas abaixo de zero.

Por isso, o Centro de Visitantes de Okutama emitiu um alerta aos aventureiros de primeira viagem: “O Monte Kumotori não é uma montanha que se pode escalar facilmente, até mesmo escaladores experientes podem levar de 6 a 7 horas para chegar ao topo. Para iniciantes, podem ser mais de 10 horas”.

A preocupação é com o alto número de pessoas que tentam subir o monte Monte Kumotori vestindo roupas inadequadas e acabam desistindo.

Com informações da Crunchyroll.

O mangá de Demon Slayer é publicado pela Panini. Os episódios da primeira temporada do anime estão disponíveis em português na Crunchyroll.